sexta-feira, 12 de julho de 2013

Luís Fernando assinar ordem de serviço da estrada fantasma de Coroatá a Vargem Grande já paga em mais de R$ 6 milhões


Hoje Luís Fernando esteve em Coroatá para assinar a ordem de serviço para a execução da estrada que liga a cidade Coroatá a Vargem Grande, uma estrada fantasma que rendeu e rende muito dinheiro até hoje.

Hoje a prefeita Teresa decretou feriado para os funcionários públicos, tudo isso para que os servidores fossem acompanhar a festança das enrolações, usarão até os transportes escolares para locomoção de pessoas ao povoado barriguda, aonde acontecia a triste solenidade da estrada fantasma.

A matéria publicada a dias atrás pelo o Atual 7 , mostra que Luís Fernando Silva, fez uma abertura de licitação para a MA 020, no trecho Coroatá/Entroncamento BR 222 (Vargem Grande), já licitada duas outras vezes, porém nunca concluída .

Abandonada pela JNS Canaã Paisagismo & Serviços, empresa doadora da campanha da governadora Roseana Sarney (PMDB) e responsável pela estrada que já deveria estar ligando os dois municípios, a obra recebeu investimentos de R$ 6,636 milhões para a recuperação de 47 km da rodovia, mas a JNS Canaã determinou falência em 2011, deixando 26 km da obra inacabadas.

Apesar de, segundo o então secretário de Infraestrutura, deputado estadual Max Barros (PMDB), 21 km ter sido pavimentado, o novo valor dos serviços de execução de melhoramentos e pavimentação está sendo licitado para toda a extensão da MA 020, em um novo contrato de R$ 35.920.765,88. Ou seja, incluindo o trecho já prontos na gestão de Max Barros.

Para agravar ainda mais a irregularidade, o Governo do Estado prestou contas junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), quando solicitou um novo empréstimo, da ordem de quase R$ 19 milhões, informado que a estrada já estava concluída.



Nenhum comentário:

Postar um comentário