terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Parentes de maranhenses de Coroatá morrem em acidente de moto aquática no Piauí

Empresário Antônio Marcos Pereira Sena, 34 anos, conhecido como Tony Marcos
O empresário Antônio Marcos Pereira Sena, 34 anos, conhecido como Tony Marcos, morreu num acidente ao pilotar uma moto aquática na Barragem de Boa Esperança, na cidade de Guadalupe, 300 km ao Sul de Teresina no fim da tarde deste domingo (29).

Com ele estavam os sobrinhos Samuel Sena, de 2 anos, que também morreu, e outra criança de 6 anos, que está em observação no hospital. Tony era irmão do delegado de Elesbão Veloso, Odílio Sena, que também é pai das crianças envolvidas no acidente.

Odílio Sena, pai das crianças, era técnico judiciário na cidade de Coroatá e atualmente é delegado de Polícia civil no Piauí. A mãe dos meninos é Coroataense.
O corpo do empresário foi retirado da água horas
O corpo do empresário foi retirado da água horas
depois
Tony perdeu o controle do veículo. “Acho que ele não viu uma árvore que tinha e acabou batendo, perdendo o controle”, conta Homero Sena, irmão e tio das vítimas.

O corpo do menino Samuel, de dois anos, foi encontrado pouco após o acidente. Já o do tio Tony foi encontrado horas depois. A outra criança envolvida está em observação no hospital e não corre mais risco de morte.
Tony Marcos era empresário do ramo de aparelhagem de som para eventos. Morador de Guadalupe, trabalhava com seus equipamentos por todo o Piauí e parte do Maranhão.(Com Informações do Blog do Luís Cardoso)

Por Diogo Cabral: salvemos os Awás das garras de Weverton Rocha

Deputado Weverton Rocha
Deputado Weverton Rocha
Parlamentares maranhenses, em especial o deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA), membro honorável da famigerada bancada ruralista, com apoio dos grandes grileiros de terra do Estado do Maranhão, movimentam mundos e fundos para barrar a desintrusão da Terra Indígena Awá Guaja.

Com o sórdido argumento de que a retirada de não índios causará forte impacto na economia maranhense, este parlamentar, que responde por diversas ações por improbidade administrativa, fomenta o ódio contra segmento social vulnerável, que representa um dos últimos povos caçadores e coletores do planeta. Até mesmo segmentos da imprensa brasileira, historicamente alinhada com os interesses ruralistas, destacam a situação desse etnia e exigem a proteção deste grupamento histórico.

Por outro lado, sicários, grileiros de terra, madeireiros e latifundiários, protegidos e estimulados por Weverton Rocha, articulam uma guerra, não silenciosa, mas escancarada, de caça aos Awás Guajas.

O CONSELHO INDIGENISTA MISSIONÁRIO – CIMI e a SURVIVAL INTERNATIONAL USA, em maio de 2013, peticionaram junto à COMISSÃO INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS, requerendo, dentre os vários pontos, que, doravante, as TIs Awá, Alto Turiaçu, Caru e Araribóia sejam dedicadas exclusivamente ao uso e ocupação dos Awá e dos outros povos indígenas para quem são intencionadas (http://www.cimi.org.br/pub/MA/Awa-Guaja/PETICAOAWA_03MAIO2013.pdf).
Indios
 Por outro lado, em 17.12.2013, no plenário da Câmara Federal, Weverton Rocha exige ao Ministro da Justiça a suspensão da desintrusão da TI Awá Guajá, sob a alegação de que há milhares de pequenos agricultores na área, que serão expulsos e jogados na beira da estrada. Contudo, o parlamentar esquece de mencionar que os pequenos agricultores, todos representados pelo STTR de Zé Doca e pela FETAEMA, há mais de 4 meses, participam, em conjunto com o INCRA, o Terra Legal, o Governo do Maranhão e a Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA, da construção de uma agenda com encaminhamentos concretos referentes à realocação dos lavradores.

Em relação à alegação do parlamentar, que afirma permanentemente que o INCRA não teria áreas para reassentar famílias de lavradores, esta não passa de uma mentira deslavada. De acordo com o Ouvidor Agrário Regional do INCRA/MA, Paulo Sabá, em reunião realizada em outubro de 2013, este garantiu que os assentamentos da região têm capacidade plena de receber todas as 200 famílias de lavradores.

Quem defende então, o parlamentar? Ora, bem simples. A sentença que determina a desintrusão da TI AWA GUAJA, prolatada pelo juízo da 5 Vara Federal do Maranhão, apresenta como réus vários grandes proprietários rurais, dentre estes magistrados, secretários de governo, madeireiros, que além da derrubada de remanescentes da floresta amazônica no Maranhão, realizam a criação extensiva de gado bovino, numa região que concentra um dos maiores rebanhos bovinos do nordeste brasileiro.

Tão desesperado por não conseguir defender seus financiadores DE CAMPANHA, em razão da iminente desinstrusão da TI AWA, Weverton Rocha está viabilizando uma nova jogatina no Congresso Nacional, a fim de garantir o paraíso dos grileiros, madeireiros e latifundiários: quer a suspensão da criação da Reserva Biológica do Gurupi, localizada no Oeste maranhense. A área de 271 mil hectares, foi criada pelo Decreto 95.614/88 e é a única unidade de proteção integral do Maranhão, por meio do Projeto de Decreto Legislativo 914/2013(http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=579217).

A Avaaz, uma das maiores mobilizadoras em torno de questões relacionadas aos direitos humanos e ao meio ambiente lançou petição pública denominada ”Não torne nossa floresta em pasto-Salve Gurupi” (http://www.avaaz.org/po/save_the_gurupi_rebio/?fpla), em que mais de 35 mil pessoas em todo o planeta já assinaram, exigindo que o congresso não aprove o referido projeto de decreto legislativo.

Weverton Rocha continuará perseguindo poder e dinheiro, e em 2014, tentará a reeleição. Os Awá Guajá e todos os povos da floresta maranhenses continuarão em guerra contra Rocha e sua trupe.

Diogo Cabral, 30 anos, é advogado da FETAEMA, da CPT/MA, membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Bomba! Ricardo transporta cunhado na UTI aérea com dispensa de licitação para SP

Secretário Ricardo Murad
Secretário Ricardo Murad
Saúde familiar. Com dispensa de licitação, o secretário Ricardo Murad (Saúde) contratou para deslocamento aérea o seu cunhado Alexandre César Trovão, vereador e presidente da Câmara de Coroatá.

Conforme o Diário Oficial do dia 19 deste mês, a Secretaria de Estado da Saúde fez uma contratação com a empresa Nortejet Táxi Aéreo Ltda ao valor de R$ 83.700,00 (oitenta e três mil e setecentos reais).

Ricardo Murad contratou uma empresa especializada em serviços de UTI aérea com equipe médica e acompanhante para traslado do paciente César Trovão para São Paulo.

Enquanto centenas de maranhenses carecem de um atendimento de qualidade, o secretário faz da pasta uma ‘Saúde Familiar’, onde só parentes tem o direito a um excelente atendimento. É lamentável.(Com informações do blog do luís Pablo)
Cesar Trovão - 1
Cesar Trovão

Ex-Vereador Gilmar Arruda, Acusa Secretário de Teresa e Ricardo Murad de Assédio.

Gilmar/China
Em sessão realizado hoje pela manhã, no qual foi aprovada a Lei de Teresa Murad, o projeto que congela o salário dos servidores, foi tomada por um grande bate boca entre Gilmar e o secretário da Casa Civil "china". Gilmar Arruda o acusou de ter assediado uma de suas filhas, usou palavras de revolta e indignação contra o Secretário do clã Murad.

Veja o vídeo no momento da confusão:

Mensagem de Ano Novo de Domingos Alberto a todos os Coroataenses!!!!


Secretário de Teresa Murad envolve-se em confusão com ex-vereador e é acusado de assédio

Do Blog Coroata de Verdade

O secretário da Casa Civil da prefeitura de Coroatá, China Barros, ex-jogador da seleção brasileira de handball, resolveu aparecer na Câmara Municipal para ver de perto que os vereadores estavam aprovando, conforme mando de Ricardo, o projeto que congela o salário dos servidores, mas acabou-se envolvendo em um bate-boca com o ex-vereador Gilmar Arruda (PCdoB) que também se encontrava acompanhando a votação.

Após ser encarado por China Barros, Gilmar Arruda o acusou de ter assediado uma de suas filhas. O secretário favorito de Teresa Murad (PMDB) ainda tentou, sem sucesso, sair da discussão sem desgaste para sua imagem.

Durante a discussão para defender-se das acusações China declarou que não frequentas noites de Coroatá, o que não verdade, segundo fontes desta página, que relatou ter visto várias vezes o secretário participando de "curtições" em locais públicos deste município, inclusive sempre acompanhado com mulheres diferentes, com direito a "garçons" e "seguranças" particulares, funcionários da prefeitura que fazem de tudo para agradá-lo, afinal quem manda na prefeitura é ele.

O embate entre o secretário bonitão e o ex-vereador comunistas foi filmado na íntegra com exclusividade por nossa reportagem, o que pode ser assistido a seguir.

Nova Sessão marcada as pressas para hoje, para aprovar projeto de Teresa.

Hoje uma nova sessão foi marcada as pressas para aprovarem o projeto de Teresa Murad sobre o congelamento do salário, na ultima sessão realizada o mesmo projeto foi anulado, pois o mesmo estava totalmente irregular.

Daqui a Pouco Maiores Informações.

domingo, 29 de dezembro de 2013

ÚLTIMA PESQUISA DO ANO, FLÁVIO DINO LIDERA COM FOLGA

Jornal Pequeno

O Instituto Conceito realizou mais uma rodada de pesquisa para avaliar a preferência do eleitorado maranhense e apresentar como está o cenário político na disputa pelo governo do estado. De acordo com os números, o presidente da Embratur, Flávio Dino (PC do B) lidera a disputa e mantém ampla vantagem sobre os adversários. O levantamento aponta que na pesquisa estimulada o comunista teria 53,4% dos votos, seguido por Luís Fernando (PMDB) que aparece com 20,5%. A deputada estadual Eliziane Gama (PPS) teria 7% dos votos e Hilton Gonçalo (PDT) soma 6,2%. Esta é a primeira vez que o Instituto realiza a simulação com inclusão do nome da presidente do PPS.

Aqueles que votariam nulo somam 4,1% e outros 8,8% ainda não sabem em quem votar ou não responderam ao questionário. A margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais, em um intervalo de confiança de 95%.

O levantamento de campo foi realizado entre os dias 06 e 12 de dezembro. O Instituto Conceito adotou amostra estratificada por cotas, com o total de 1940 entrevistas, para obter representatividade para o conjunto de 38 municípios escolhidos de forma aleatória, porém incluindo as quinze cidades mais populosas do estado.

Espontânea
No quesito em que não é colocado nomes para o entrevistado, o presidente da Embratur, também lidera a pesquisa com 37,5%, seguido por Luís Fernando com 10,1%, depois é citado que o “candidato de Roseana” 5,3%, Eliziane Gama aparece com 2,8% e Hilton Gonçalo tem 1,4%. Ainda são citados na pesquisa: Edson Lobão (PMDB) 1%; João Castelo (PSDB) 0,6%; Zé Reinaldo (PMDB), João Alberto (PMDB) e Tadeu Palácio (PPS) todos com 0,3%, ainda são citados Marcos Silva (PSTU) com 0,2% e Dutra e Roberto Rocha 0,1%. Nenhum 0,6% e Não sabem ou Não responderam 39,7%.

Rejeição
O candidato da governadora Roseana Sarney lidera o índice de rejeição nas eleições 2014, de acordo com a pesquisa do Instituto Conceito. O levantamento aponta que na pesquisa estimulada quando é feito a seguinte pergunta: “Em qual destes candidatos você não votaria de jeito nenhum para governador do Maranhão?”, Luís Fernando tem 38,9% da rejeição, seguido de Flávio Dino 21,6%, não sabem ou não responderam somam 39,5%.

Em noite trágica para o Brasil no UFC, Anderson Silva fratura a canela e perde a revanche

Anderson Silva fraturou a canela no segundo round do UFC 168Reuters
Brasileiro sofreu uma das piores lesões já vistas na história do octógono mais famoso do MMA

A noite deste sábado (28) parou o Brasil. Em jogo, o cinturão dos pesos médios (84 kg), que passou anos em poder de Anderson Silva e lhe foi tirado em julho após a derrota para Chris Weidman, não voltou para o País.

Em um dos momentos mais dramáticos da história do UFC, Anderson Silva fraturou a canela ao aplicar um forte chute baixo em Chris Weidman e permaneceu estirado por alguns minutos antes de ser levado ao hospital mais próximo da Arena MGM, em Las Vegas.

Pior no primeiro round da luta principal da edição 168 do torneio, o brasileiro parecia mais concentrado do que o costume e, assim como no primeiro encontro, estava retomando o domínio das ações da segunda etapa, quando, ao aplicar mais um forte chute baixo de esquerda, colidiu com a perna do rival.

Com a fratura visível, a plateia e seu rival pareceram incrédulos e esperaram o ex-campeão ser retirado de maca para exibir qualquer manifestação. Por sua vez, os brasileiros presentes no ginásio apoiaram o atleta com aplausos.

A luta

Mais concentrado do que em sua última apresentação, Anderson não brincou em nenhum momento, mas levou a pior no primeiro assalto. Depois de ser colocado para baixo, o Spider levantou rapidamente e tentou imprimir seu ritmo em pé.

No entanto, o ex-campeão dos pesos médios (84 kg) sofreu um knock down enquanto tentava uma joelhada e, a partir daí, passou a sofrer fortes golpes no ground and pound, terminando o primeiro round em clara desvantagem.

Assim que a segunda etapa teve início, o atleta brasileiro imprimiu maior dinâmica na luta em pé e passou a aplicar fortes chutes baixos, que iam de encontro às coxas do rival. Após acertar três golpes contundentes, Anderson aplicou o chute derradeiro.

No momento em que encostou na canela do oponente, o osso da perna esquerda do brasileiro quebrou e o membro dobrou, deixando o público de queixo caído. Até o próprio campeão não sabia se comemorava ou se se agachava para prestar socorro ao maior nome do UFC da história.

Claro, o americano ficou constrangido ao ser declarado campeão e ver o cinturão ser entregue mais vez. Talvez por isso, Weidman declarou apoio ao momento delicado do ex-campeão que, lesionado, deve ficar, no mínimo, seis meses parado.

— Ele ainda é o melhor de todos os tempos.

Card princicpal

Antes da lesão inacreditável, o card principal do UFC 168 correspondeu às expectativas e proporcionou duelos de tirar o fôlego, mas não por muito tempo. Das demais quatro lutas, três delas terminaram no round inicial e apenas uma durou até o início do terceiro assalto.

No co-main event da noite, Ronda Rousey manteve o cinturão após protagonizar uma luta eletrizante conta a rival Miesha Tate, atleta em quem já havia batido em 2012 e com quem dividiu o comando da 18ª temporada do reality show do UFC, o The Ultimate Fighter.

Ao contrário das outras dez lutas (sete como profissional e três como amadora) feitas pela campeã dos pesos-galos (61 kg), seu triunfo não foi conquistado no primeiro assalto, já que Miesha, mesmo sempre em desvantagem, deu verdadeiro show de garra e resistiu o quanto pôde às tentativas de finalização da loira.

No terceiro round, porém, Ronda não deu chances e, muito mais forte do que a desafiante, derrubou, passou para as costas e saiu com sua tradicional chave de braço. E, após ver os três tapinhas da bela morena, a campeã de recusou a dar as mãos, gerando fortes vaias da plateia.

Entre os pesos-pesados, Josh Barnett acabou nocauteado rapidamente pelo mais jovem Travis Browne com cotoveladas na têmpora que supreenderam a todos os presentes na Arena MGM. Com o triunfo conquistado em apenas um minutos, o americano garantiu o direito de enfrentar o brasileiro Fabrício Werdum, em disputa que valerá uma vaga contra Cain Velasquez, atual campeão da categoria.

Nas duas lutas anteriores, os brasileiros Fabrício 'Morango' e Diego Brandão foram superados logo no assalto inicial e completaram a noite dramática para o Brasil, que com cinco representantes no octógono contou com apenas uma triunfo verde e amarelo.

Os algozes foram, respectivamente, Jim Miller e Dustin Poirier, que anotaram belas vitórias no cartel com uma finalização e um nocaute.(Informações R7)

Confira os resultados completos do UFC 168:

Chris Weidman venceu Anderson Silva por nocaute técnico no 2º round
Ronda Rousey finalizou Miesha Tate no 3º round
Travis Browne nocauteou Josh Barnett no 1º round
Jim Miller finalizou Fabrício 'Morango' no 1º round
Dustin Poirier nocauteou Diego Brandão no 1º round
Uriah Hall nocauteou Chris Leben no 1º round
Michael Johnson nocauteou Gleison 'Tibau' no 2º round
Dennis Siver venceu Manny Gamburyan por pontos
John Howard venceu Siyar Bahadurzada por pontos
William 'Pataolino' Macario venceu Bobby Voelker por pontos
Robbie Peralta nocauteou Estevan Payan no 3º round

Veja Detalhes:
Info FRATURA E CIRURGIA de Anderson Silva - 2 (Foto: Infoesporte)

sábado, 28 de dezembro de 2013

'Visita íntima' ocorre diante de todos em presídio do MA, diz CNJ

Da Folha de S. Paulo

Homem com a perna dissecada torturado até a morte, relações sexuais em ambiente coletivo e presos com doenças mentais misturados aos demais detentos. E a conclusão: o governo do Maranhão tem sido "incapaz" de coibir a violência.

O cenário de terra sem lei no complexo prisional de Pedrinhas, na capital, São Luís, foi descrito em um relatório do juiz Douglas Martins, do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), após visita ao local no dia 20.

60. Na última rebelião, em 17 de dezembro, três detentos foram decapitados.

O complexo, projetado para 1.700 homens, abriga 2.500, segundo o CNJ.

O documento foi entregue na sexta (27) ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa, que preside o conselho. O relatório reproduz o apelo feito ao ministro pela OEA (Organização dos Estados Americanos) de que o governo brasileiro precisa agir para garantir a integridade dos presos no Maranhão.

Uma cena chocante é citada no documento: um vídeo, que, segundo Martins, foi enviado pela direção do sindicato dos agentes penitenciários, com o registro da morte lenta de um detento em Pedrinhas.

O vídeo é "a cena mais bárbara que já vi", nas palavras ditas à Folha por Martins, juiz experiente em visitas a presídios pelo país.

A imagem mostra um preso ainda vivo tendo a pele da perna dissecada. A tortura expõe músculo, tendões e ossos.

A Folha teve acesso ao vídeo. As imagens são muito fortes.

ATENÇÃO: imagens fortes



A primeira explicação no relatório para o caos encontrado é o excesso de presos. "As unidades estão superlotadas e já não há mais condições para manter a integridade física dos presos", além dos familiares e dos que atuam em Pedrinhas.

Soma-se à superlotação o método do governo maranhense de misturar no mesmo espaço presos do interior e da capital. A reunião motiva a guerra entre facções: o Bonde dos 40, de criminosos da capital, e do Primeiro Comando do Maranhão, do interior.

Quem chega a Pedrinhas precisa aderir ao sistema, diz o relatório. "Presos novos são obrigados a escolher uma facção quando ingressam nas unidades."

O juiz do CNJ presente na visita cita ainda que os responsáveis pela segurança já não são capazes de conter os presos. Para um agente entrar em pavilhões, é preciso ter o aval de líderes de facções.

Como não há celas no CDP (centro para presos provisórios) e nas duas penitenciárias (para os já condenados), todos circulam livremente. O modelo, para o CNJ, "inviabiliza a garantia de segurança mínima para os presos sem posto de comando".

ESTUPROS

A insegurança para esses detentos novatos, na base da hierarquia das facções, se estende às suas mulheres. O documento aponta que, como o ambiente é coletivo, é no mesmo espaço que ocorrem os encontros íntimos.

A livre circulação, diz o documento, "facilita o abuso sexual praticado contra companheiras dos presos sem posto de comando".

Martins argumenta ainda que o governo do Maranhão "tem se mostrado incapaz de apurar, com o rigor necessário, todos os desvios por abuso de autoridade, tortura, outras formas de violência e corrupção praticadas por agentes públicos".

Procurado, o governo do Maranhão não se manifestou. Em reportagens anteriores, informou que criou uma direção de segurança dos presídios, sob comando da Polícia Militar, a fim de reforçar a segurança.

O governo já havia afirmado também que sempre agiu em conjunto com setores da defesa dos direitos humanos e que "o agravamento da situação" ocorreu após o Estado ter tomado "medidas saneadoras", como mudanças de comando e reestruturação dos presídios.

Projeto de Lei irregular de Teresa Murad, foi parar na Delegacia.

Vereador Juscelino (PT), em seu discurso, contra o projeto de Teresa
Depois do polemico projeto aprovado pelos os vereadores da base do governo, em sessão extraordinário convocada ontem as pressas (27/12), não podia dar em outra, foi parar na delegacia.

Motivo: após a aprovação da lei que congela os salários dos servidores públicos, ou seja, onde os mesmos não serão beneficiados com reajuste do novo salário mínimo, no final da conturbada sessão, os vereadores da bancada de oposição, pediram a copia da ata, no qual, a mesa diretora da casa se negou a entregar, essa atitude, vista com um ato extremamente autoritário, os vereadores foram obrigados a registrar um boletim de ocorrência e entrarão na justiça para que assim o exercício da democracia seja feito.

Imagens dos vereadores de oposição na delegacia:

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Aprovado a lei de Teresa Murad, que congela o salário mínimo dos servidores, mas votação é anulada. Entenda!!

Riba Maia leu  na cartilha de Teresa
Em sessão extraordinária realizada hoje (27) , convocada as pressas, foi aprovada o Projeto de Lei da Prefeita Teresa Murad, tratando sobre o congelamento do salário mínimo dos funcionários da administração municipal, contratados ou concursados, até ao aumento nacional previsto para o primeiro mês do próximo ano. 

O projeto foi levado e defendido pelo o vereador líder do governo Riba Maia (PSC) e toda a base governista, o debate foi intenso, várias pessoas estiveram na plateia ouvindo atentamente os discursos e todos não concordaram em nada com o projeto de Teresa Murad, no momento da votação, os vereadores de oposição se retiraram da plenária em ato de protesto contra esse vergonhoso projeto. Todos os vereadores de Governo votaram a favor, como sempre, lendo na cartilha da Prefeita.

Esses são os vereadores que votaram a favor da lei da Prefeita : Marcos da Conceição (DEM), Josean Veras (PSC), Wllisses Muniz (PMDB), Riba Maia (PSC), Camilo (DEM), Jocimar( PMDB).

Mas no final da sessão foi anulada a votação do projeto, devido haver algumas irregularidades, agora só resta esperar o desenrolar de tudo isso. Daqui a pouco maiores informações.

Bom Dia Brasil fala sobre situação dos presídios no Maranhão

A atual situação do sistema carcerário do Maranhão foi um dos destaques do Bom Dia Brasil desta sexta-feira (27). Este ano, 59 detentos foram assassinados somente no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, e outros 87 fugiram do sistema prisional de todo o estado (saiba mais na página do G1).

 O procurador-geral da República em exercício, Eugênio José Guilherme de Aragão, prorrogou, nesta quinta-feira (26), por mais 15 dias o prazo para a governadora do Maranhão, Roseana Sarney, prestar informações sobre a situação do sistema carcerário do estado. Com base nas informações, o Ministério Público Federal pode pedir a intervenção no estado.

E ai Prefeita, cadê os 75 milhões?

Enquanto isso só é descaso: Arte de Allfran Rodrigues

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Prefeita Teresa Murad "convoca" vereadores para congelar o salário mínimo dos servidores


Por Cleo Freitas, do Coroatá de Verdade

O presidente em exercício da Câmara Municipal, Josean Veras (PSC), convocou uma sessão extraordinária do parlamento coroataense a mando da prefeita Teresa Murad (PMDB) para esta quinta-feira, 26, mas que foi desconvocada em seguida, tendo em vista não teria quórum para aprovar as matérias, pois dois dos seus parlamentares não se encontram no município.

Os vereadores Wllisses Muniz (PMDB) e Naldo Dantas (PSDB), que se estão em viagem, foram intimados imediatamente para retornar ao município especialmente para dizer a matéria do executivo no apagar das luzes de 2013.

Uma nova sessão extraordinária foi convocada para amanhã, 27, às 16 horas para apreciar dois projetos de leis de autoria da prefeita. O primeiro deles que promete gerar muito debate e indicação na oposição trata-se do que proporá desavergonhadamente o congelamento do salário mínimo dos funcionários da administração municipal, contratados ou concursados, até ao aumento nacional previsto para o primeiro mês do próximo ano. Segundo o projeto visando o atendimento à Lei de Responsabilidade Fiscal o salário mínimo permanecerá durante todo o ano de 2014 em R$678,00, em vez de R$724,00 aprovados pelo Governo Federal.

Revista Veja coloca Weverton Rocha e Dutra como os piores deputados federais do Maranhão

carlos-lupi-weverton-rocha-domingos-dutra-pdt-e1378752335546
Weverton Rocha e Dutra
O ano não terminou muito bem para os deputados Weverton Rocha (PDT) e Domingos Dutra (SDD), os dois foram mal avaliados pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IESP-UERJ), o qual gera ranking anual da atuação parlamentar de senadores e deputados federais. Dos 18 legisladores maranhenses, eles obtiveram as piores notas.

O estudo é desenvolvido a partir de alguns critérios de atuação, entre eles: carga tributária, infraestrutura, gestão pública, sistema educacional, governabilidade, relações trabalhistas entre outros. Quanto a menor o envolvimento e a defesa desses itens menor é a nota dos parlamentares.

Entre os maranhenses, os melhores foram Hélio Santos (PSDB), Simplício Araújo (SDD) e Carlos Brandão (PSDB), porém somente Hélio obteve uma nota superior a 7, chegou ao índice de 7,6.

Enquanto isso. Na parte de baixo do ranking, Domingos Dutra, conhecido pelo barulho que sempre fez na política maranhense obteve apenas um 3,5, sendo colocado como o pior deputado federal maranhense com atuação em 2013. Weverton só foi um pouco melhor, ficou com 4,1.

Vale a destacar que a atuação dos dois parlamentares chegou a ser inferior do deputado federal Natan Donadon (SEM PARTIDO-RO), preso, após ser condenado pelo STF em julho deste ano. (Com informações do Blog do Diego Emir)

Confira o ranking:
13º Hélio Santos 7,6
20º Simplício Araújo 6,9
21º Carlos Brandão 6,8
23º Nice Lobão 6,6
23º Sarney Filho 6,6
27º Pinto Itamaraty 6,2
28º Costa Ferreira 6,2
35º Waldir Maranhão 5,4
39º Cléber Verde 5
40º Professor Sétimo 4,9
43º Alberto Filho 4,6
44º Francisco Escórcio 4,5
45º Davi Alves Jr 4,4
45º Lourival Mendes 4,4
47º Pedro Novais 4,2
48º Weverton Rocha 4,1
53º Domingos Dutra 3,5

Imagem: O governo que erra em tudo.

A imagem fala tudo

Oligarquia dá adeus a Luís Fernando

 João Abreu já liga para prefeitos apresentando-se como candidato
Luís Fernando: fraco desempenho não resistiu às pressões dos contrários a sua candidatura no grupo Sarney
Luís Fernando: fraco desempenho não resistiu às pressões dos contrários a sua candidatura no grupo Sarney
Dois episódios recentes mostram como serão tristes os próximos meses para Luis Fernando que, durante todo o ano de 2013 teve todo o aparato do estado trabalhando para “viabilizá-lo” e chegar aos 25% de intenções de voto, mas que não ultrapassa 18% nas intenções de voto estaduais.

No primeiro episódio, o deputado Arnaldo Melo deixou o governo se desmoralizar na votação do orçamento até a véspera do Natal, para só então “mostrar força” e provar que o Palácio dos Leões não tem maioria para nada na Assembléia Legislativa.

No segundo episódio, e mais curioso, o secretário da Casa Civil, João Abreu, passou os últimos dias telefonando para lideranças municipais informando que Luís Fernando está fora do jogo, e que ele – João Abreu – vai tentar se viabilizar para a suposta eleição indireta na Assembléia.

O cerco à pré-candidatura de Luís Fernando vem se fechando já há algum tempo.

Há cerca de 2 meses, a mídia ligada ao grupo Sarney anunciou, com grande estardalhaço, que a candidatura de Luis Fernando ao governo do Estado seria lançada em um gigantesco Ato Político em Coroatá. Contudo, apesar de programado para um sábado, os ministros Lobão e Gastão Vieira, o deputado Sarney Filho e outras importantes lideranças do grupo alegaram não poderem comparecer, por terem outros compromissos. Como não convinha uma fotografia só com os desgastados irmãos Murad, o evento foi cancelado e nunca foi remarcado.

Desse fracasso em diante, o que era ruim só piorou. Em janeiro de 2013, os estrategistas da oligarquia decidiram que Luís Fernando só seria candidato se atingisse 25% nas pesquisas no fim deste ano.

De lá para cá, o esforço de propaganda que vem sendo feito desde 2011 só aumentou. Luis Fernando virou o “governador de fato”, dispondo de uma fantástica máquina de promoção pessoal, de aviões e helicópteros, de convênios para comprar aliados, de “governos itinerantes”. Ainda assim, os tais 25% ficaram bem distantes. Mesmo nas pesquisas contratadas pelo grupo Sarney, Luís Fernando não chega nem a 18%, com pontuações muito baixas inclusive em cidades importantes como São Luís (onde está em terceiro lugar), Imperatriz, Pinheiro e Caxias.



João Abreu: é o plano B de Roseana: tudo menos Lobão

O fato é que Luís Fernando não se viabilizou. É um candidato insosso, sem charme e carisma, com um discurso chato em que só sabe falar de sua atuação na cidade de São José de Ribamar. Seus eventos no interior do Estado são esvaziados, sem entusiasmo, mal enchem uma pequena tenda – normalmente com pessoas que exercem cargos no governo do Estado.

Além disso, Luís Fernando tem na testa a terrível marca de Jorge Murad, que inventou essa candidatura, na tentativa de colocar um amigo íntimo no lugar da esposa. Quem não lembra que Jorge Murad vivia organizando eventos supostamente culturais em Ribamar, quando Luís Fernando era o prefeito?

Chegamos, assim, à ultima semana do ano com um consenso formado no grupo Sarney: Luís Fernando está fora da disputa de 2014. Entretanto, a oligarquia será obrigada a manter o seu nome até março, enquanto não acham uma saída minimamente competitiva.

E desta forma, Luís Fernando ficará exposto ao rigor desse inverno de sabotagens e boicotes até março, a não ser que resolva desistir antes.

Enquanto isso, o senador Sarney está em dúvida entre algumas opções:

1 – Tentar um novo “nome técnico”, cenário em que João Abreu – que está na fila há muito tempo – seria a opção mais forte.

2 – Tentar um nome com força na “classe política”, cenário em que João Alberto, Edison Lobão e Arnaldo Melo hoje são os mais fortes.

O papel de Eliziane Gama

Em paralelo, o grupo Sarney continua a incentivar abertamente a candidatura de Eliziane Gama, que eles consideram confiável e possível de ser cooptada. Nota na coluna do jornalista Cláudio Humberto, nesta semana, registrou o quando o velho cacique está fascinado com a deputada, ao ponto de passar a apostar fichas na candidatura de Eliziane, diante do fracasso do seu próprio grupo. Resta saber se Eliziane Gama, com fortes ligações com a oposição e com movimentos sociais, vai aceitar o canto das sereias da oligarquia e inviabilizar o seu futuro político com essa mancha.

E o PT? Como fica?

Compondo a via crucis do senador Sarney e de Luís Fernando, em nível nacional só aumentam as dificuldades com o PT, principalmente depois de um desastrado piti que Roseana deu no velho e respeitado dirigente Rui Falcão, presidente nacional do PT, que já contou para dezenas de pessoas o triste comportamento coronelista da filha do coronel Sarney.

Para completar o quadro, o governo do Estado vive uma devastadora crise na segurança pública e no sistema penitenciário, atualmente monitorada pelo Conselho Nacional de Justiça, pela Procuradoria Geral da República e pela Organização dos Estados Americanos (OEA). Em Brasília, a cada matéria no Jornal Nacional, fala-se que uma intervenção federal no Maranhão é iminente e inevitável.

Esse é o cenário político do início de 2014 no Maranhão, em que Flávio Dino mantém uma liderança tranquila e consolidada em todas as pesquisas feitas nos últimos meses.(Com informações do Blog do Raimundo Garrone)

A MM Produções traz a Coroatá,Furacão do Forró, hoje no Clube Guanabará Show.


terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Prefeito de Pio XII é afastado por suspeita de infrações administrativas


Prefeito Paulo Roberto ao lado de Sarney.
PIO XII - A Câmara de Vereadores decidiu afastar o prefeito de Pio XII Paulo Roberto Sousa Veloso (PRB) por suspeita de prática de infrações administrativas.

A Câmara alega que o prefeito não apresentou cópias de licitações de obras públicas, não atendeu a projetos de lei e não repassa recursos à Casa desde o mês de janeiro.

Paulo Roberto tem até 90 dias para recorrer da decisão. Enquanto isso, o vice Edmundo Gregório de Oliveira (PSL) assume o cargo.(Informações do portal imirante)

Salário mínimo passará a ser de R$ 724 a partir de janeiro

Salário mínimo passará a ser de R$ 724 a partir de janeiro

Presidente Dilma Rousseff já havia publicado mensagem em rede social confirmando o aumento

O Diário Oficial da União publica nesta terça-feira (23) o Decreto 8.166 que reajusta o valor do salário mínimo para R$ 724,00 a partir de janeiro de 2014. Nessa segunda-feira (22), a presidente Dilma Rousseff já havia publicado mensagem em rede social confirmando o aumento. "Assinei decreto que reajusta o Salário Mínimo para R$ 724 a partir de janeiro de 2014 - reajuste de 6,78% sobre o valor atual", postou a presidente.

O valor fixado é o mesmo aprovado pelo Congresso no projeto do orçamento para o próximo ano. A proposta original do Executivo era de R$ 722,90. Atualmente, o salário mínimo é de R$ 678,00.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Pesquisa aponta o Maranhão com o pior índice de carência de habitações no país

banner_20111025_0018147d4a0e1df21e11ad68eaf9eed4542837
JP – Uma pesquisa feita pela Fundação João Pinheiro (FJP) e o Ministério das Cidades mostrou que, em 2010, existiam no país 6,94 milhões de habitações com algum tipo de carência, ou seja, 12,1% dos domicílios. Desse total, os estados de São Paulo, com 1,495 milhão, Minas Gerais, com 557 mil, e da Bahia, 521 mil, concentravam o maior número de unidades catalogadas.

Em comparação com o total de domicílios existentes, os estados da Região Norte, além do Maranhão, no Nordeste, apresentaram os piores índices: Maranhão (27,3% de habitações com alguma carência), Amazonas (24,2%), Amapá (22,6%), Pará (22%) e Roraima (21,7%).

Os números de São Paulo superaram os demais estados se explica, de acordo com Adriana Ribeiro, pesquisadora da FJP, pela própria característica populacional do estado. “São Paulo tem população em número superior às dos demais estados e, por isso, em termos absolutos, os indicadores são maiores”, disse.

Para o levantamento, foi considerado como déficit habitacional residências que apresentavam alguma dessas características: habitações rústicas ou improvisadas, coabitação familiar (soma de cômodos e famílias conviventes visando a uma residência exclusiva), gastos com aluguel superiores a 30% da renda familiar e locais onde havia mais de três pessoas morando no mesmo dormitório.

A pesquisa Déficit Habitacional Municipal no Brasil 2010 teve como base o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) do mesmo ano. Os dados, de acordo com a presidente da FJP, Marilena Chaves, são importantes para que o Ministério das Cidades possa traçar estratégias para o setor.

“Com a apresentação deste novo produto, colaboramos para a formulação de políticas habitacionais baseadas em dados seguros e confiáveis”. A pesquisa pode ser acessada no site da FJP, no endereço: (http://www.fjp.gov.br/index.php/indicadores-sociais/deficit-habitacional…).

7 famosas que tiveram fotos nuas vazadas na internet

A atriz Leighton Meester posa nua para fotos caseiras
A atriz Leighton Meester posa nua para fotos caseiras - Reprodução
Scarlett Johansson nua, em imagem divulgada no Twitter
Scarlett Johansson nua, em imagem divulgada no Twitter - Reprodução
 
A cantora Hayley Williams faz topless
A cantora Hayley Williams faz topless - Reprodução
A cantora Cassie Ventura tira foto sem roupas
A cantora Cassie Ventura tira foto sem roupas - Reprodutção
A atriz Blake Lively tira foto nua com telefone celular
A atriz Blake Lively tira foto nua com telefone celular - Reprodução
 
A atriz Jéssica Alba em fotos sensuais
A atriz Jéssica Alba em fotos sensuais - Reprodução
A cantora Miley Cyrus faz seu próprio ensaio sensual
A cantora Miley Cyrus faz seu próprio ensaio sensual - Reprodução

Coroatá recebeu mais de 75 milhões em 2013, será se foram aplicados corretamente?

O Governo Federal repassou para o Estado do Maranhão R$ 11 760 322 168,20, sendo para o Governo do Estado R$ 4 268 305 359,67 e para os municípios R$ 7 492 016 808,53, de transferências constitucionais além de convênios, até agora neste ano de 2013.
Veja, Coroatá recebeu mais de 75 milhões e  será se esses recursos foram aplicados devidamente?

Brasil tem 12 governadores por um fio

ROSEANA-SARNEY-1

Veja

A menos de um ano das eleições, pelo menos doze Estados do país são comandados por governadores cujos destinos estão nas mãos da Justiça Eleitoral. Há casos de pedidos de cassação paralisados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e processos que, após meses nos escaninhos em Brasília, retornaram agora aos tribunais de origem nos Estados. As idas e vindas desses processos, como nos casos em que um candidato derrotado nas urnas recorre à instância superior sem ter passado pela anterior, ampliam a morosidade da Justiça Eleitoral e causam instabilidade — pois mantêm no ar a ameaça de que governantes possam ser obrigados a deixar o posto.

Na última semana, o TSE recebeu mais um caso envolvendo pedidos de afastamento de governadores: Rosalba Ciarlini (DEM), do Rio Grande do Norte, recorreu e conseguiu uma liminar para permanecer no cargo apesar de ter sido condenada por abuso de poder econômico e político em seu Estado. O caso foi definido provisoriamente pela ministra Laurita Vaz e amplia a lista composta por outros 11 governadores com mandatos questionados na Justiça.

Uma decisão dos juízes do TSE ampliou a lentidão na tramitação de diversos processos — já emperrados pelas manobras perpetradas por advogados. Em setembro, os ministos da Corte concluíram que é inconstitucional utilizar o Recurso contra Expedição de Diploma (RCED), que podia ser apresentado diretamente na instância superior – no caso, o próprio TSE –, para tentar cassar mandatos de políticos. Esse tipo de estratégia era usada justamente para tentar encurtar o tempo de tramitação das ações. Porém, segundo os ministros, as impugnações agora devem ser feitas por meio de Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime), o que acaba remetendo processos de cassação de governadores, por exemplo, para análise dos TREs – e, somente depois desta etapa, a um eventual recurso ao TSE.

Desde a decisão do TSE, retornaram aos tribunais regionais eleitorais, por exemplo, pedidos de cassação dos governadores do Tocantins, Siqueira Campos (PSDB), do Piauí, Wilson Martins (PSB), e de Alagoas, Teotônio Vilela (PSB). Decisão semelhante foi aplicada em um dos pedidos de cassação da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), mas houve recurso dentro do próprio TSE. Em todos esses processos, as acusações relatam supostas irregularidades ocorridas há mais de três anos, nas eleições de 2010, como compra de votos, distribuição de benefícios e celebração ilegal de convênios. Não é exagero afirmar que, em 2014, alguns governantes terminarão seus mandatos ou tentarão a reeleição sem que seus processos jamais tenham sido concluídos pela Justiça Eleitoral.

Rio de Janeiro – Sergio Cabral (PMDB)

O peemedebista Sergio Cabral é acusado de abuso de poder político e econômico e uso indevido dos meios de comunicação durante sua campanha à reeleição, em 2010. O pedido de cassação foi proposto por Fernando Peregrino, candidato derrotado na disputa pelo governo do Estado. De acordo com o processo, entre outros pontos, Cabral teria autorizado, de forma irregular, a celebração de contratos no período eleitoral e a terceirização de serviços essenciais, sem a realização de concurso público. Ele nega as acusações.

Maranhão – Roseana Sarney (PMDB)

Roseana Sarney é velha conhecida da Justiça Eleitoral em relação a pedidos de cassação de mandato. Ela chegou ao poder em 2009, justamente após a cassação do rival Jackson Lago. Em um dos processos a que responde é acusada de compra de votos e de uso irregular de convênios firmados pelo Estado durante as eleições de 2010. As suspeitas foram levantadas pelo candidato derrotado ao Senado José Reinaldo Tavares.O processo tramitou no TSE, mas foi remetido ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão. A governadora nega ter praticado crimes.

Acre – Tião Viana (PT)

O Ministério Público Eleitoral acusa o governador do Acre, Tião Viana (PT), de abuso de poder econômico, abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação. A cassação do petista seria justificada, segundo o MPE, por ter havido o deslocamento de servidores públicos em atos de campanha, além de o grupo político de Viana ter conduzido a linha editorial de jornais, canais de televisão e rádios locais durante a campanha de 2010. Para o MPE, foram usados “bens, servidores e serviços da administração pública estadual e municipal para a realização da campanha eleitoral, ampliando, dessa forma, poder de captação dos votos, apropriando-se, ainda que de forma indireta, dos parcos recursos financeiros da administração pública”. O governador nega irregularidades.

Alagoas – Teotônio Vilela (PSDB)

O governador Teotônio Vilela (PSDB) é suspeito de abuso de poder econômico, abuso de poder político e compra de votos durante a campanha para as eleições de 2010. De acordo com a acusação, o tucano teria utilizado recursos públicos para distribuir cestas básicas à população em período eleitoral e sem que houvesse qualquer registro de programa social. Vilela já foi multado mais de uma vez pelo TSE por irregularidades como distribuir animais a eleitores e veicular inserções nos meios de comunicação relatando ações do governo durante sua campanha à reeleição. O processo foi devolvido ao TRE-AL em dezembro. Ele nega as acusações.

Roraima – José Anchieta Júnior (PSDB)

O governador José Anchieta Júnior (PSDB) é acusado pelo adversário Neudo Campos, segundo colocado na disputa pelo governo em 2010, de ter utilizado veículos de comunicação para promover sua candidatura. O tucano também é suspeito de abuso de poder econômico e político e chegou a ser cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Roraima. Uma liminar do ministro Arnaldo Versiani, do TSE, suspendeu a decisão. Anchieta nega irregularidade na disputa eleitoral. Recentemente, VEJA revelou que o tucano é acusado de grilagem de terras. De acordo com o Ministério Público, ele teria distribuído títulos fraudulentos de terras a políticos, juízes de tribunais e a sua própria mulher, Shéridan de Anchieta, em cujo nome está um terreno de 1 milhão de metros quadrados. Ele nega as acusações

Minas Gerais – Antonio Anastasia (PSDB)

O governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB), é alvo de pedido de cassação por abuso de poder econômico nas eleições de 2010. O autor do recurso é o candidato derrotado Hélio Costa (PMDB). De acordo com a acusação, o tucano teria anunciado um conjunto de convênios, incluindo a transferência de recursos para obras, durante o período eleitoral, com o objetivo de angariar apoio de prefeitos à sua candidatura. Também entre as suspeitas contra o governador estão o aumento salarial de professores e a redução de impostos do álcool combustível e de produtos calçadistas com fins exclusivamente eleitorais. Ele nega as acusações.

Ceará – Cid Gomes (PROS)

Aliado da presidente Dilma Rousseff, Cid Gomes (Pros), governador do Ceará, é acusado de ter utilizado indevidamente a propaganda institucional do governo do Estado para promover sua candidatura. Ele também responde a suspeitas de abuso de poder econômico e político. O TRE do Ceará já arquivou recurso semelhante que questionava supostas irregularidades no uso de publicidade do governo. Ele nega as acusações.

Tocantins – Siqueira Campos (PSDB)

O governador do Tocantins, Siqueira Campos (PSDB), é acusado pelo ex-governador Carlos Gaguim (PMDB) de compra de votos e de uso irregular dos meios de comunicação para ganhar as eleições estaduais de 2010. Para o adversário, parte da programação da TV Girassol foi direcionada para promover o candidato e desequilibrar a disputa eleitoral. Siqueira Campos também é suspeito de abuso de poder político e econômico. Por decisão da ministra Luciana Lóssio, o processo foi remetido do TSE de volta para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) tocantinense. Ele nega as acusações.

Rio Grande do Norte – Rosalba Ciarlini (DEM)

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio Grande do Norte determinou o afastamento da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) por abuso de poder político e econômico e sua inelegibilidade. Ela é acusada de beneficiar a prefeita eleita de Mossoró, Cláudia Regina (DEM), durante a campanha municipal de 2012, utilizando o avião oficial do estado para viajar até a cidade da aliada e participar da campanha. Uma liminar da ministra Laurita Vaz, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), suspendeu a decisão do TRE e mantém provisoriamente a democrata no cargo. Ela nega as acusações.

Piauí – Wilson Martins (PSB)

O governador do Piauí, Wilson Martins (PSB), já respondeu a processos de cassação e é suspeito de compra de votos, propaganda irregular e abuso de poder político e econômico. Foi absolvido em julgamentos no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), mas o PSDB apresentou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) outro recurso contra expedição do diploma do governador socialista. Em uma das acusações, servidores públicos estariam sendo obrigados a expedir carteiras de identidade a um determinado nicho de eleitores, que não pagariam taxa para solicitar o documento. Ele nega as acusações.

Mato Grosso do Sul – André Puccinelli (PMDB)

Vencedor das eleições de 2010, o governador reeleito de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), é acusado de abuso de poder político e uso indevido de veículos de comunicação social durante a campanha. O Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-MS) chegou a analisar o caso e entendeu que, apesar de ter havido abusos no pleito daquele ano, as irregularidades não teriam sido capazes de influenciar o resultado das eleições. Entre as suspeitas contra o peemedebista estão a divulgação de publicidade institucional com fins eleitoreiros e exposição massiva do governador. Ele nega as acusações.

Amazonas – Omar Aziz (PSD)

O Ministério Público Eleitoral questiona a legalidade da reeleição do governador do Amazonas, Omar Aziz (PSD), e o acusa de abuso de poder econômico e político por violar a Lei das Eleições e utilizar indevidamente meios de comunicação social durante a campanha. De acordo com o processo, rádios e televisões do Amazonas veicularam trinta peças de propagandas institucionais do governo estadual que, na realidade, seriam publicidade subliminar em favor de Aziz. O custo das peças publicitárias, conforme a Agência de Comunicação Social do Amazonas, foi de 4,08 milhões de reais. Depois de tramitar no TSE, o caso foi remetido em 16 de dezembro para o tribunal amazonense. Ele nega as acusações.(Com informações do Blog Marrapá)

domingo, 22 de dezembro de 2013

Acidente com ônibus deixa 14 mortos e 32 feridos na Régis Bittencourt

acidente ônibus régis bittencourt (Foto: Nelson Antoine/FotoArena/Estadão Conteúdo)
Acidente com ônibus na Rodovia Régis Bittencourt (Foto: Nelson Antoine/FotoArena/Estadão Conteúdo)
 Um acidente com um ônibus matou 14 pessoas e deixou 32 feridos na madrugada deste domingo (22) na Rodovia Régis Bittencourt, em São Lourenço da Serra, na Grande São Paulo, de acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal. As circunstâncias do acidente serão investigadas pela Polícia Civil.

O veículo com 54 pessoas deixou Curitiba (PR) na noite deste sábado (21) em direção ao Rio de Janeiro (RJ). De acordo com a PRF, o acidente ocorreu por volta das 2h30 na altura do km 300 da Régis Bittencourt, no sentido São Paulo. O ônibus da Viação Nossa Senhora da Penha saiu da pista, caiu numa ribanceira de aproximadamente dez metros de altura e tombou ao bater no solo.

A empresa, que tem sede em Curitiba, informou que o ônibus saiu da capital paranaense às 20h15 e deveria chegar ao Rio por volta das 10h. A viação atua em linhas interestaduais para Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul. O advogado da empresa, Marcelo Munhoz, esteve no local do acidente e disse que a viação irá prestar toda assistência para as famílias.

Uma passageira que sobreviveu ao acidente falou com o G1 sem se identificar e informou que só escapou com vida porque estava no andar de baixo do ônibus, que não foi esmagado como o andar superior - o ônibus tinha dois andares com bancos. Ela não se machucou.

No momento do acidente, ela contou que o ônibus não estava acima da velocidade permitida e que ouviu dizer que o veículo pode ter derrapado. Algumas pessoas, ainda segundo relato da passageira, disseram ter visto óleo na pista da rodovia.

Lotação máxima

Segundo a Polícia Rodoviária, o veículo estava com lotação máxima, 51 passageiros, mais duas crianças, além do motorista, quando tombou na pista e caiu na ribanceira. A causa do acidente será investigada pela Polícia Civil e pela perícia da Polícia Técnico-Científica.

O caso estava sendo registrado nesta manhã na delegacia de Itapecerica da Serra, para onde o motorista do ônibus, que também ficou ferido, foi levado para prestar esclarecimentos sobre o acidente. Segundo a polícia, o motorista afirmou em seu depoimento que o ônibus não apresentou falha mecânica e que não havia nenhuma problema na pista.

Uma das hipóteses que estão sendo investigadas pela polícia é a possibilidade de o condutor do veículo ter dormido ao volante. O motorista, no entanto, alegou que não excedeu a carga horária de trabalho. Ele foi submetido a dois exames, o do bafômetro que não apontou teor alcoólico nele, e um de sangue também para medir a dosagem alcoólica. O resultado deste último teste ainda não foi informado.

O inspetor Ricardo de Paula, da PRF, disse que não são comuns acidentes nessa curva porque o trecho é conservado e bem sinalizado. Ele reafirmou que as investigações trabalham com três hipóteses: o motorista ter dormido, sofrido um mal súbito ou uma pane mecânica no veículo.
Corpos dos mortos retirados do ônibus são ensacados e levados para local próximo onde depois seguirão (Foto: Giovana Sanchez / G1)
Corpos dos mortos retirados do ônibus são
ensacados e levados para local próximo onde
depois seguirão (Foto: Giovana Sanchez / G1)
 Os corpos serão levados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Taboão da Serra. O veículo será retirado da ribanceira assim que os trabalhos da perícia forem concluídos.

Os passageiros que estavam no ônibus e ficaram feridos foram levados para três hospitais da região: Pronto-Socorro Municipal de Itapecerica da Serra, Hospital Geral de Itapecerica da Serra e Hospital Geral de Pirajussara, em Taboão da Serra.

Hospital Geral de Itapecerica da Serra
Procurada pelo G1, a Secretaria de Estado da Saúde informou que, no Hospital Geral de Itapecerica da Serra, 12 pessoas foram socorridas, mas uma delas, uma mulher de 58 anos, morreu na unidade médica.

Outra mulher, de 28 anos está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após ter sido operada para colocação de “fixador externo”. Seu estado de saúde é instável. As demais dez pessoas estão estáveis: uma mulher de 39 anos (fraturou o ombro), uma adolescente de 14 anos (escoriações e hematomas no braço direito), e oito pessoas do sexo masculino, sendo um bebê de 1 ano, que está em observação, um adolescente de 15 anos (ferido no rosto), e seis homens com idades entre 18 e 53 anos, que tiveram fraturas nas mãos e pernas.

PS Municipal de Itapecerica da Serra
Procurado, o Pronto-Socorro Municipal de Itapecerica da Serra não havia dado informações sobre o número e estado de saúde dos feridos até as 10h20.

Hospital Geral de Pirajussara
Ainda segundo a Secretaria de Estado da Saúde, seis feridos foram levados para o Hospital Geral de Pirajussara, em Taboão da Serra. Uma delas está passando por cirurgia e as demais cinco estão estáveis.

A concessionária Autopista Régis, que administra a rodovia, informou que dez equipes do Corpo de Bombeiros foram deslocadas ao local do acidente, além de seis ambulâncias da concessionária e uma âmbulância do município de São Lourenço da Serra.

A Autopista informou, por volta das 8h, que, das três faixas da rodovia, duas estavam interditadas no sentido São Paulo por causa dos carros das equipes de resgate e da polícia. Não havia registro de lentidão no horário e o tráfego fluía bem nos dois sentidos.
Giovana Sanchez* Do G1, em São Paulo

acidente ônibus régis bittencourt (Foto: Nelson Antoine/FotoArena/Estadão Conteúdo)
Veículo caiu em ribanceira na Rodovia Régis Bittencourt (Foto: Nelson Antoine/FotoArena/Estadão Conteúdo)
acidente ônibus régis bittencourt (Foto: Nelson Antoine/FotoArena/Estadão Conteúdo)
Equipes recolhem malas das vítimas no local (Foto: Nelson Antoine/FotoArena/Estadão Conteúdo)

Enquanto a Prefeita tenta maquiar o centro, os bairros são esquecidos em Coroatá.

A Prefeita propaganda, começou os pingos de asfalto em cima de outro asfalto no centro da cidade, dinheiro esse do governo do estado, enquanto isso os milhões da prefeitura de Coroatá estão guardados a chaves, pois trabalho da prefeitura ninguém se ver por aqui.

Enquanto Teresa tenta fazer marketing político, tentando maquiar o centro, a situação dos bairros em Coroatá é bastante delicada, são ruas esburacadas, falta de iluminação pública, falta de água e muitos problemas enfrentado a cada dia pela população.

Veja como ficou um trecho da rua nova no bairro areal, depois da chuva:



sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Intervenção federal: PGR dá 3 dias para Roseana prestar esclarecimentos sobre prisões do MA

Roseana-roendo-unha-318x350
Blog do Josias
O Procurador-geral da República Rodrigo Janot enviou ofício à governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB). No texto, o chefe do Ministério Público Federal dá três dias à filha do senador José Sarney para prestar informações sobre a situação do sistema prisional maranhense. Janot cogita requerer ao STF intervenção federal no Maranhão.

Nos últimos 12 meses, 50 presos morreram no Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas, em São Luís. A estatística foi engrossada por uma briga de presidiários ocorrida há dois dias. Morreram cinco detentos, três deles decapitados. A cena medieval acendeu o pavio do procurador-geral.

Há dois meses, em outubro, Roseana Sarney assumira o compromisso de colocar ordem no sistema carcerário do Maranhão. Em seis meses, ela levantaria 11 presídios —um na capital e dez no interior. Entre outros problemas, resolveria a superlotação que faz da cadeia de Pedrinhas uma sucursal do inferno.

Além das respostas que espera receber da governadora, Janot vai dispôr de informações independentes. Junto com o ofício do procurador-geral seguiram para o Maranhão nesta quinta-feira dois olheiros: Alexandre Saliba, membro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e presidente da Comissão do Sistema Prisional; e Douglas Martins, coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Em visita às prisões maranhenses, Alexandre e Douglas terão a oportunidade de verificar o que mudou desde que a governadora prometera tomar providências.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Rubens Júnior volta a criticar a politicagem de Ricardo Murad com o dinheiro público

O líder do Bloco Parlamentar de Oposição (BPO), Rubens Pereira Jr. (PCdoB), anunciou, nesta terça-feira (17), que vai apresentar emenda destinando recursos para a unidade da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) de Timon. O parlamentar fez críticas também aos critérios adotados para repasse de recursos para os municípios.

Em conversa com vereadores e o prefeito de Timon, Rubens Jr. afirmou que anunciou a destinação de uma emenda de R$ 500 mil para a Uema de Timon.

O parlamentar contou que comparou como foram os investimentos do Governo do Estado em três cidades do Estado: Caxias, Coroatá e Timon, três dos maiores e médios municípios.

“Ao fazer a análise do Diário Oficial do Estado fiquei assustado em perceber que há diferenças entre maranhenses, contrariando o que diz a Constituição Federal e a do Estado, que todos os brasileiros são iguais, tendo seus direitos, suas garantias, sem poder existir qualquer tipo de discriminação racial, regional, etária, de sexo, de cor, de credo ou qualquer outra discriminação”, afirmou.

O deputado assegurou que para Caxias, por exemplo, não foram R$ 4 milhões de reais e para Timon, valor praticamente igual; e enumerou os poucos investimentos reservados para os dois municípios. Já em Coroatá, o Governo do Estado investiu, em 2013, um total de R$ 74 milhões.

“E a pergunta que eu faço é se o maranhense que mora em Coroatá é melhor do que o maranhense que mora em Caxias e Timon? Eu não estou querendo que se tire o dinheiro de Coroatá, a cidade é importante, merece o apoio, mas será que Caxias e Timon também não merecem?”, indagou.

Deputado Bira registra suas Emendas individuais e gerais para orçamento de 2014

Na sessão plenária desta quinta-feira (18), última do ano de 2013, o deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) registrou as Emendas apresentadas por ele ao orçamento do Estado de 2014. Bira antecipou as Emendas individuais, assim como as Emendas gerais.
Em relação às Emendas individuais, o parlamentar apresentou Emendas para a Educação no valor de R$ 1,250 milhão, para Saúde no valor de R$ 520 mil, Infraestrutura R$ 980 mil, Cultura R$ 500 mil, Agricultura Familiar R$ 450 mil, Segurança Pública R$ 300 mil, totalizando R$ 4 milhões conforme previsão da Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa.

Foram contemplados com as emendas do socialista, municípios de todas as regiões do Maranhão, e em relação aos diversos setores do Estado vale destacar uma emenda para a Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) no valor de R$ 1 milhão em equipamentos e materiais.

Nas Emendas Gerais em relação ao orçamento de 2014 como um todo, o parlamentar propôs R$ 140 milhões para abastecimento de água e esgoto, o que representa 1% do orçamento. Bira ressaltou que o orçamento previsto para o ano de 2014 é de R$ 14 bilhões e o Governo destinou apenas R$ 31 milhões para a área.

“É uma ninharia, diga-se de passagem, porque a demanda é absurda. Hoje, ao lado da segurança pública, é um dos itens mais reclamados pela população é o abastecimento de água e a questão do esgoto. O governo prometeu em 2012, em propagandas oficiais, que este ano resolveria o problema da água e estamos mais uma vez chegando ao Natal e nada foi feito”, protestou.
Para o combate ao analfabetismo em 2014, o Governo do Estado prevê apenas R$ 100 mil. O deputado Bira propôs R$ 14 milhões, que representa 0,1% do orçamento, tendo em vista que o Maranhão tem mais de 20% da população que não sabem ler e escrever.

O Governo está propondo R$ 39 milhões para combater a criminalidade no Maranhão, em 2014. Bira propõe R$ 70 milhões para o combate à criminalidade no Estado, o que representa 0,5% do orçamento. “Nós sabemos que hoje uma das crises mais fortes que vivemos é no Sistema de Segurança do Estado”, destacou.

Para a agricultura familiar o Governo do Estado destina menos de meio por cento do orçamento de 2014. Levando-se em consideração que 51% da população vive no campo, Bira propõe R$ 56 milhões para a área. Os vários conflitos agrários que estouram no Maranhão e na região metropolitana de São Luís motivaram Bira a propor R$ 28 milhões para a Regularização fundiária.

O orçamento de 2014 prevê apenas R$ 3 milhões para a pesca, na avaliação do deputado Bira, o Governo do Estado esquece que o Maranhão tem o segundo maior litoral do Brasil e uma quantidade imensa de pescadores. O parlamentar propõe R$ 28 milhões para o apoio das atividades de pesca e aquicultura no Estado.

Para Bira, o Governo do Estado deveria aplicar o dinheiro público em áreas fins e sociais e não em propaganda, e em áreas meios como planejamento. O parlamentar espera que o Governo do Estado corrija o orçamento, pois a população do Maranhão sofre em razão da ausência do Estado em diversas áreas das políticas públicas.

“É aí que nós devemos aplicar o dinheiro público, como o governo faz, não ajuda, não enche a barriga de ninguém, não melhora a vida de ninguém, apenas fica enganando o povo com propagandas que não conferem com a realidade”, alertou.

Marido mata mulher enforcada após ler conversa no Whatsapp

Depois de flagrar uma conversa da companheira, Andreza Salgado de Andrade, 26, em um grupo do aplicativo de mensagens WhatsApp, o industriário e técnico de informática Alexandro Gomes Corrêa, 26 anos, a matou estrangulada por ciúmes. Ele manteve o corpo de Andreza escondido dentro da cama box do casal durante três dias.

O crime aconteceu dentro da residência da família, localizada na rua 9, quadra 36, do conjunto residencial Viver Melhor, Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus, e chocou os vizinhos que conviviam com a vítima e o suspeito.

De acordo com a polícia, Andreza foi morta às 23h da última sexta-feira (13) e foi encontrado às 22h de segunda (16) por um amigo do casal que foi até a casa e sentiu o forte odor do corpo, já em avançado estado de decomposição.

O que mais impressionou no caso, segundo a equipe de investigação do 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), é que o técnico manteve a mulher em cima da cama durante os dois primeiros dias, dizendo aos quatro filhos que a mesma estava dormindo, e ainda permaneceu no local.

“Ele disse em depoimento que a deixou na cama pensando que estava desacordada, mas ao perceber o estado de rigidez do corpo e sentir o odor, ele resolveu enrolar Andreza em um lençol e depois em um saco plástico e colocar embaixo da cama box do casal”, disse o delegado plantonista Fabiano Pignata.

'Ela me agrediu'

Em entrevista à reportagem, o suspeito friamente contou que havia matado a mulher durante uma briga, motivada por ciúmes.

“Eu fui trabalhar no Distrito há quatro meses e ela começou a sentir muitos ciúmes, achando que eu tinha outra mulher na fábrica. Eu disse para ela que não tinha ninguém, mas motivada por uma vizinha, ela começou a se arrumar e a sair com um homem, que ainda não sei quem é. Eu descobri o caso, mas mesmo assim eu pedi para esquecermos isso e vivermos bem com os nossos filhos”, disse.

Ainda segundo ele, no dia do crime a esposa recebeu inúmeras mensagens no celular – de um grupo no aplicativo – e o mesmo foi questioná-la sobre o fato. Foi quando a dona de casa teria ficado com raiva, tomado o aparelho de suas mãos e lhe dado uma tapa.

 “Ela me agrediu, veio pra cima e me deu chineladas, além de me enforcar em cima da cama. Consegui tirá-la (de cima) e comecei a fazer a mesma coisa, só que ela desmaiou. Pensei que ela estava só desmaiada, mas ela não acordou”, disse.

Alexandro disse que ficou em casa com os filhos porque sabia que seria preso assim que descobrissem a morte da mulher. Ele trancou o quarto e jogava sabão em pó e água sanitária na casa para os vizinhos não desconfiarem do cheiro. Os policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) realizaram a prisão e acionaram o Instituto Médico Legal (IML)

Uma vizinha que preferiu não se identificar declarou que durante os três dias, Alexandro saiu de casa normalmente, conversou com os vizinhos e disse que a mulher tinha viajado para o município de Manacapuru. (Com Informações rondoniaovivo)

Veja: Mensagem de Natal de Domingos Alberto para a População Coroataense.


Roseana Sarney é vaiada em Pinheiro

Roseana e comitiva tentam escapar de manifestantes em Pinheiro.
Sorriso amarelo: Roseana e comitiva tentam escapar de manifestantes em Pinheiro.
 Na manhã desta quarta-feira (18), a governadora Roseana Sarney (PMDB) foi vaiada durante visita ao prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes (PV), que há 10 dias teve os direitos políticos suspensos pelo um período de cinco anos por improbidade administrativa.

De acordo com o blogueiro John Cutrim, do Jornal Pequeno, Roseana enfrentou uma multidão formada por estudantes, moto-taxistas e parte da população daquele município. A Policia Militar foi acionada para intervir na manifestação, que por muito pouco não terminou em confusão.

Esta é a segunda vez, só nesta semana, que a chefe do executivo estadual é repudiada pela população maranhense. No último domingo, ela e o marido, Jorge Murad, foram recepcionados com vaias durante Cantata Natalina no Centro da Capital.

Por essas e outras, Roseana Sarney já cogita desistir de se candidatar ao Senado Federal, por medo de ser humilhada nas urnas pelos pré-candidatos da oposição, Roberto Rocha (PSB) e Domingos Dutra (SDD).(Com informações do blog Marrapá)

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Em nova fase a dupla de rap coroataense “The Stronda” disponibiliza música na internet

Por Cleo Freitas, editor do blog Coroatá de Verdade

The Stronda
A dupla “The Stronda”, formada ao longo deste ano, vem fazendo sucesso entre os jovens coroataenses, em especial entre as garotas. Desde que disponibilizaram na internet as suas primeiras músicas os jovens MCs Jhoe Silva e Ed já se apresentaram em programas de televisão local, escolas, aniversários, confraternizações e tiveram uma de suas músicas (a “Garota diferente”) veiculada por diversas vezes na Rádio Educativa FM 106,3 a pedido de ouvintes.

As primeiras músicas, tais como “Inspiração”, “Declaração” e outras, além de “Garota diferente”, o hit da dupla (que podem ser ouvidas em um canal no Souncloud, clicando aqui), foram escritas em uma fase em que a dupla estava se formando e os dois estavam ouvindo um rap que falava de amor, garotas e outros assuntos para rapazes da mesma idade que eles. Mas ao longo da carreira recém-iniciada a dupla viu a necessidade de compor músicas que falam sobre a dura realidade das periferias e das camadas mais pobres da sociedade, assim como fazem o Racionais MCs, que passaram a cantar nas apresentações após insistentes pedidos do público, assim nasceu a nova canção batizada de “Cotidiano”.

Em "Cotidiano" os Jhoe e Ed se revezam nas rimas para narrar impressões e fatos comuns à realidade de qualquer comunidade popular, seja localizada em Coroatá ou em qualquer lugar do país, demonstrando uma percepção certeira e madura acerca dos assuntos tratados tão naturalmente por eles na composição.

O novo trabalho prova que em poucos meses “The Stronda” evolui e que, com uma produção acertada, poderiam encantar um público ainda maior, confira abaixo ano música postada recentemente na internet.