quarta-feira, 18 de junho de 2014

Luís da Amovelar consolida apoios para Ana Mendonça aliada de Roseana Sarney.

Por Cleo Freitas, Editor do Coroatá de Verdade (Com edições)

A pré-candidata de primeira viagem Ana Mendonça (PRB), conhecida em todo o estado do Maranhão como Ana do Gás, em referência ao "enriquecimento do seu município" advindo dos impostos arrecadados com a extração de gás natural em reserva localizada em seu município, Santo Antônio dos Lopes (a 120 quilômetros de Coroatá), de onde, acredita-se, que virão os milhões a serem gastos em sua campanha.

O ex-prefeito petista Luís da Amovelar será um dos seus mais aguerridos defensores, especialmente nas cidades de Coroatá e Peritoró, ana mendonça que aliada de primeira de Roseana Sarney e que apoia o Edinho 30 para o governo e a prevalência no clã Sarney no Maranhão.


Os ex-vereadores e presidente da eterna Comissão Provisória do PSB, Zé Filho, o ex-vereador e ex-vice presidente do PCdoB, mas ainda assim filiado, Gilmar Arruda, o ex-secretário de Juventude, Erinaldo Rodrigues, o suplente de vereador Claudecir Reis (PTC) e a vereadora Lourdinha Pereira (PCdoB), além de diversos outros "ex-alguma coisa" da administração de Luís da Amovelar, formam o grupo que ajudarão o ex-prefeito a buscar uma expressiva votação para Ana do Gás e reafirmar sua força política.

Mas, de todos os nomes citados, o que causou grande espanto nos cidadãos coroataenses e, principalmente, nas lideranças políticas presentes, foi o da vereadora neo-comunista Lourdinha Pereira. A parlamentar, que atualmente é a única mulher na Câmara Municipal, possui um longo histórico de oposição aos Murad e aos Sarney. Recentemente a oposicionista, se negou a votar na chapa encabeçada pelo vereador e irmão da prefeita César Trovão (PV) na eleição da mesa diretora da Câmara Municipal ocorrida em maio alegando que "jamais votaria em alguém ligado aos seus opositores". E olha que naquela ocasião tratava-se de uma eleição de um poder totalmente independente, com uma vitória certa, que recebeu a adesão dos seus colegas parlamentares de oposição unicamente pela garantia da transmissão das sessões pela Rádio Educativa FM e participação na composição da chapa.

O anúncio público do apoio da vereadora a candidata de Amovelar ocorreu no último sábado, 14, durante o ato de apresentação do seu correligionário Rubens Pereira Júnior(PCdoB) como o pré-candidato da bancada oposicionista, primeiramente pelo ex-prefeito e em seguida por ela em seu discurso.

"Não tenho nenhum constrangimento em assumir que a minha candidata é a mesma de Luís da Amovelar, pois não tenho nenhuma vergonha de dizer que sou amiga do ex-prefeito", disse ela com voz embargada e em tom defensivo, falando o nome da candidata apenas uma vez durante o seu pronunciamento. Após discursar a vereadora não cumprimentou e nem foi cumprimentada por nenhum dos integrantes da mesa, além de Luisinho, sabe-se lá porque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário