quinta-feira, 31 de julho de 2014

Visite Coroatá antes que se acabe!!!!!

"Visite Coroatá antes que se acabe", uma frase que está se tornando realidade no munícipio, já basta o total descaso do governo com a população, agora o governo Murad entra em mais uma etapa de destruição da cidade, dessa vez resolveu acabar de vez com a natureza.

Na foto abaixo mostra trabalhadores da Prefeitura de Coroatá destruindo todo o canteiro com plantas e árvores que fica no centro da cidade além de acabar com os calçados, isso tem revoltado bastante a população.

Só basta saber qual será outra obra que nunca sai do papel da Prefeita de Coroatá!!!!!!!!

Foto: Prefeita Motoserra

Foto: Imagem do dia: A destruição começou!!!!

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Imagem do dia: Domingos Alberto participa ao lado de Flávio Dino da Plenária de Inauguração do Comitê Central do Deputado Bira

O grande ato político aconteceu ontem(29/07) em São Luís, uma plenária de Inauguração do Comitê do Deputado Estadual Bira do Pindaré contou com a presença de uma multidão de pessoas e de várias lideranças do nosso estado, presença especial do candidato ao governo do Maranhão, Flávio Dino(PCdoB).

Marcaram também presença no evento, a grande liderança de Coroatá, Domingos Alberto acompanhado dos amigos Francimar e Cisio Janus.
Foto: Nossa plenária tá começando, venha participar! Esse é o Bira 40100, nosso companheiro de lutas e caminhadas! #SouBira40100 #TôcomBira40100 #Bira40100DeputadoEstadual #TodospeloMaranhão #JuntosAGenteFazAMudança #EquipeBira40100


terça-feira, 29 de julho de 2014

Melhorar a saúde das famílias antes que as doenças apareçam: meta de Flávio Dino



Agir antes que o problema surja. Assim pode ser resumido um dos tópicos do Programa de Governo de Flávio Dino. É o tema de hoje das Soluções Para Mudar o Maranhão.

A proposta prevê o fortalecimento da equipe da Secretária de Saúde responsável por apoiar as cidades no desenvolvimento da Estratégia de Saúde da Família.

Esse modelo leva em conta um atendimento continuado e focado nas famílias. Com isso, a prevenção a doenças funciona de forma muito mais eficiente.

Em vez de esperar o paciente chegar ao hospital, já doente, a Estratégia de Saúde Da Família, que é um programa do governo federal, busca promover o acesso aos serviços. O programa inclui ações de promoção da saúde, recuperação, prevenção, recuperação, reabilitação de doenças, entre outras.

O fortalecimento da equipe de apoio ao programa é fundamental para disseminar essa estratégia.

Flávio Dino denuncia o “helicóptero do mal”

lobinho
 
O candidato a governador das oposições, Flávio Dino, denunciou nas redes sociais, o jogo baixo praticado pelos seus adversários políticos, que tem se utilizado helicópteros e panfletos apócrifos para espalhar mentiras contra ele na capital e interior do estado.

Veja:

“Nos últimos dias, durante a noite e a madrugada, um helicóptero tem sobrevoado as casas das famílias de São Luís e de outras cidades jogando panfletos mentirosos e difamatórios contra mim.

Uma ação suja, vinda de pessoas de ficha suja.

Tenho dois pedidos a fazer.

O primeiro, não dê ouvidos a baixarias de desesperados.

O segundo pedido: esse helicóptero do mal está cometendo CRIMES.

DENUNCIE ESSES CRIMINOSOS. Compartilhe fotos e vídeos do flagrante de mais esse crime cometido por essa gente, que é capaz de tudo para manter o poder e seus privilégios.”

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Confirmado! Simplicio Araújo tem o apoio da dupla que disputou a eleição contra Ricardo Murad em Coroatá


Do Coroatá de Verdade

O deputado federal e candidato a reeleição, Simplício Araujo, esteve reunido na tarde do ultimo sábado (26), com Domingos Alberto e Major Alexandre, que disputaram a eleição contra a esposa do secretário de saúde do estado, Ricardo Murad e obtiveram expressivos 14 mil votos, Domingos Alberto foi candidato a prefeito e Major Alexandre candidato a vice.

Na reunião que aconteceu na residencia de Alexandre, ficou acordado que a dupla continuará unida em prol dos coroataenses, além de debaterem assuntos relacionados a campanha em favor de Simplício Araújo na cidade. Tanto Domingos quanto Alexandre, se mostraram animados e prontos para mais uma batalha.

"Juntos nós conseguimos levar nossa mensagem em 2012, conseguimos conquistar 14 mil votos sem comprar nenhum, sem precisar humilhar e perseguir um coroataense se quer, e será juntos, que continuaremos lutando por um município mais justo e agora por um Maranhão de todos nós" Declarou Domingos Alberto ao blog.

Major Alexandre por sua vez informou que entrará de cabeça na campanha de Simplício Araújo, Roberto Rocha e Flávio Dino, e já nas próximas semanas a campanha estará nas ruas de forma mais intensa.

Participaram da reunião os empresários Marola Rios, Nadson, o blogueiro Cici Almeida e outros apoiadores.

Novidade! Plenária organiza Comitê de Juventude de Flávio Dino em Caxias

No último sábado, cerca de 100 jovens de diversas entidades juvenis organizadas (Força Jovem do Esporte Caxiense, RECID, DCE –UEMA,  AGLEPS, , União de Moços Cristãos, UJS, Grêmios Estudantis, Escola de Dança e Teatro Nando Santos, Família Grande Sacada) compareceram a uma plenária com o objetivo de construção do Comitê de Juventude do Flávio Dino na cidade.
unnamed
O evento serviu para definir o planejamento de campanha jovem do comunista e discutir propostas de políticas públicas para a juventude do Maranhão.
Temas como Educação, trabalho e emprego, saúde, esporte, lazer e cultura, movimento LGBT e trabalhos voltados à juventude da zona rural  foram alguns dos temas abordados e debatidos.
unnamed (1)
Durante o decorrer da atividade, foi proposto que a juventude caxiense que esteja imbuída no desejo de mudança e na campanha de Flávio Dino, se estruturasse em comissões de trabalho para que as ações durante a campanha possam ser otimizadas.
O comitê além de possuir uma estrutura física central, se estenderá pela cidade inteira através de pontos de juventude (casas, sedes de entidades, sedes de organizações de juventude, grêmios estudantis etc), com o intuito de atingir uma grande massa de jovens em Caxias.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Imagem do dia: Coroatá é lixo pra todo lado

A péssima gestão de Teresa Murad(PMDB) em Coroatá tem revoltado bastante os moradores da cidade, com descaso na saúde, educação, esporte, ou seja em vários pontos. Agora um outro problema que está se agravando na cidade é a limpeza pública com a coleta de lixo.

São ruas e avenidas sujas, com lixos em todos os cantos, um exemplo claro de descaso é na rua da Sucam e várias travessas do Bairro Tresidela, o lixo e a sujeira tem tomado conta de várias ruas.

Veja algumas  fotos:






JUSTIÇA SUSPENDE O QUE SERIA FARRA COM DINHEIRO PÚBLICO NA MESA ROSEANA

Época -Uma decisão liminar tomada há uma semana e divulgada nesta quarta-feira pelo juiz Clésio Coelho Cunha, de São Luís, suspendeu judicialmente a licitação para a compra de 80 quilos de lagosta fresca, uma tonelada e meia de camarão, 750 quilos de patinhas de caranguejo, duas toneladas de peixe e cinco de carne para a residência oficial e a casa de praia da governadora do Maranhão, Roseana Sarney.

A liminar atende a uma ação popular impetrada por Aristóteles Duarte Ribeiro no início do ano quando o governo decidiu adquirir os produtos. O juiz aceitou o argumento de que a licitação fere o princípio da moralidade previsto na Constituição Federal.

Segundo a decisão, o gasto previsto seria de R$ 2,5 milhões. Após a divulgação da aquisição dos produtos e a formalização da ação popular em janeiro, a governadora suspendeu a compra dos alimentos.

A decisão do juiz poderá ser apreciada pelo Tribunal de Justiça.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Veja o Vídeo: Flávio Dino defende Universidades Regionalizadas

Flávio Dino defende  universidades regionalizadas, com isso os nossos jovens não precisam sair de perto de suas famílias para ter acesso ao ensino superior de qualidade,  Flavio  tem essa proposta que vai ajudar muita gente.

Veja o vídeo:

Mais Milhões e nada de serviço: Prefeitura de Coroatá receberá quantia alta para recuperação de estrada



A Prefeitura de Coroatá receberá uma quantia exorbitante para a recuperação de estrada vicinal. O contrato assinado no dia 3 de julho de 2014 prevê a liberação, por parte do Governo do Estado, de quase seis milhões de reais. Uma soma alta destinada apenas para a restauração de uma estrada.

A cidade é administrada por Tereza Murad (PMDB), esposa do secretário de Saúde, Ricardo Murad.

EXTRATO DO CONVÊNIO


Nº: 053 – CV/2014. PROCESSO Nº:2932/2014 – SEDES. PARTES: Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar – SEDES e a Prefeitura Municipal de Coroatá – MA, com a interveniência da Gerência de Inclusão Sócioprodutiva – GISP. OBJETIVO: Este instrumento visa a execução, mediante mútua colaboração entre as partes, do projeto de Recuperação de Estrada Vicinal, conforme Projeto e Plano de Trabalho aprovados, que integram este instrumento, independentemente de transcrição, que promoverá a inclusão produtiva, facilitando o acesso dos agricultores familiares aos insumos básicos e aos mercados consumidores. VALOR R$ 5.964.954,77 (cinco milhões, novecentos e sessenta e quatro mil novecentos e cinquenta e quatro reais e setenta e sete centavos). PRAZO: 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias a partir da publicação no Diário Oficial do Estado do Maranhão.DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: EVENTO: 400091; ESF: 1; UO: 15112; PROG. TRABALHO: 21606017343340001 Fonte: 322; UGR: 150112; PI: 14PRIOR; ND: 44.40.41. Empenhado sob o nº 2014NE00554. DATA DA ASSINATURA: 03 de julho de 2014. ASSINATURAS:Pela SEDES: FERNANDO ANTONIO BRITO

Pesquisa da TV Guará/Exata comprova: Solidariedade sairá ainda mais forte das eleições deste ano

A pesquisa da TV Guará/Exata, divulgada nessa sexta-feira (18), confirma que o Solidariedade no Maranhão é uma partido forte no cenário político local. De maneira espontânea, os entrevistados lembraram de seis candidatos do partido às eleições proporcionais.

Domingos Dutra e Simplício Araújo, para deputado federal, e Luciano Genésio, Dr Levi Pontes, Jaimizinho, Rildo Amaral e Wellington Reis, para deputado estadual, foram os nomes citados de maneira espontânea pelos eleitores maranhense.

Para o presidente estadual da sigla, deputado federal Simplício Araújo, as pesquisas nessa época servem para mostrar a força do partido e dos candidatos. O parlamentar descarta o clima de já ganhou. ” Temos que ter muito pé no chão e buscar fortalecer ainda mais o nosso partido, fazendo com que muitos outros nomes também apareçam em pesquisas de sua região. Porém, o mais importante é que eles vençam a eleição de outubro”, afirmou Simplício.

A pesquisa da TV Guará/Exata foi realizada entre os dias 10 e 15 de julho. Foram ouvidos 1400 eleitores em 45 municípios do Maranhão em pesquisa registrada na Justiça Eleitoral. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o protocolo BR-00223/2014 e no Tribunal Regional Eleitoral, com o número MA-00022/2014. A margem de erro é de 3,2% para mais ou para menos.

Povoado Limão recebe a Caravana de Domingos Alberto

No domingo(20/07) a caravana de Domingos Alberto visitou os moradores do Povoado Limão, reuniu amigos e conversou com a juventude, no final ajudou o time do povoado com bolas de futebol.

Domingos que sempre visita amigos em todos os povoados e na Zona Rural, isso mostra o compromisso e o carinho pelo povo Coroataense.

Domingos Alberto e Caravana de Coroatá participam da Caminhada de Flávio Dino em Codó.

Uma caminhada linda que ficará para história, ruas e avenidas ficaram lotadas, uma multidão acompanhando o próximo Governador do Maranhão Flávio Dino, todos na luta por um estado livre das mazelas e descaso de um governo que maltrata e humilha a mais de 50 anos o povo maranhense. A caminhada na cidade de Codó foi um momento importante para a historia de luta.

Marcaram presença na Caminhada na cidade de Codó a caravana de Coroatá com a grande liderança Domingos Alberto e amigos.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Imagem do dia: Nota 10 para os Moradores da Cohab

Hoje pela manhã(18/07), moradores da Cohab se reunirão para fazer um mutirão para cavar uma vala pra escoar a agua da Av. Perimetral. Um problema que anos tem tirado o sossego dos moradores, várias reclamações já foram feitas a Prefeitura, mas nesse desgoverno nada é resolvido.

Nós já procuramos por várias vezes esse governo que está ai, mas até o momento nenhuma resposta da Prefeita Teresa Murad, um governo que não olha para o povo, é só descaso com nós moradores, não aguentamos mais, ganharam a eleição com promessas mentirosas e agora maltrata e humilha a população, comenta Zé da Luz, Morador do Bairro.

TVGuará/Exata: Flávio Dino 64%, Lobão Filho 29%; leia mais!

















Na corrida pelo Governo do Maranhão, o candidato Flávio Dino mantém ampla vantagem em todos os cenários sobre o segundo Edinho Lobão, a pesquisa mostrou uma grande diferença entre as intenções de voto entre os dois principais candidatos.

Aponta uma vantagem consolidada do candidato Flávio Dino, sobre o segundo colocado. Flávio tem mais que o dobro da intenção de votos de Edinho Lobão (PMDB), mantendo a vantagem na casa dos 30%.

A pesquisa realizada pelo instituto Exata e divulgada pela TV Guará aponta que Flávio tem 54% das intenções de voto. O número é bem maior que a soma de todos os outros candidatos. Edinho Lobão tem 25% das intenções de voto, seguido por Zéluis Lago (PPL), com 2%, e de Antonio Pedrosa (PSOL), Josivaldo Correa (PCB) e Saulo Arcangelli (PSTU), com 1% cada um.

Considerando somente a intenção de votos válidos, Flávio Dino teria 64%, enquanto Edinho 29%.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Na terra do Gás: Simplício exige cumprimento de acordo feito por termelétrica com moradores de Santo Antônio dos Lopes


O deputado federal Simplício Araújo (SD/MA) demonstrou preocupação com a situação em que se encontram muitos moradores do município de Santo Antônio dos Lopes e Capinzal do Norte. Até hoje muitas famílias ainda moram em áreas consideradas de risco por estarem perto do Complexo Parnaíba, um dos maiores complexos de geração de energia termelétrica a gás natural do Brasil.

“Quando o complexo termoelétrico foi instalado, em 2010, houve a assinatura de um termo de adesão que garantiria aos moradores das regiões próximas realojamento para áreas mais afastadas, além de garantir a entrega de infraestrutura básica como escolas e creches. Mas, passados quase cinco anos, nada foi entregue. Muitos continuam convivendo com o barulho da termoelétrica, com o cheiro de gás e são constantemente amedrontados pelos funcionários da termelétrica”, afirmou o parlamentar, ao cobrar o cumprimento desse termo de adesão para dar mais tranquilidade ao povo da região.

Segundo relatos, o prefeito de Santo Antônio dos Lopes, Eunélio Mendonça, se mostrou insensível com a situação vivida nos povoados próximos a termoelétrica, mesmo após o município ter recebido recursos dos royalties do gás

“Temos um prefeito que é capaz de cobrar de um candidato ao governo do estado convênios eleitoreiros mas se mostra insensível com relação à situação da população. Um município que já recebeu muito dinheiro proveniente dos royalties mas quem deveria ser o maior beneficiário nunca viu melhoria. Estamos entrando na justiça para bloquear os recursos da termelétrica para forçar o cumprimento do acordo feito com a população”, afirmou o parlamentar.

Segundo o deputado informou, os moradores não podem mais fazer roça ou acender carvão pois, como a usina está ao lado, o risco de incêndio se torna iminente. “Essas famílias tinham na terra sua subsistência, seu sustento. Não podem mais usar a terra e nem recebem compensação financeira”, disse.

Diante da situação, Simplício assumiu compromisso e cobrará, na sexta-feira (18), juntamente com um grupo de moradores do local, que a Defensoria Pública do Maranhão cobre o cumprimento do acordo, uma vez que o defensor Manoel Pereira Acioli assinou todos os contratos entre os moradores e a empresa. “As famílias têm direito a ter imediatamente o que lhes fora prometido desde 2012. Por isso iremos entrar com um processo judicial para bloqueio das contas das empresas até o cumprimento do acordo”, ressaltou Simplício.

A usina
o Complexo Parnaíba está localizado em Santo Antônio dos Lopes, no Maranhão.

Integram o complexo as usinas termelétricas Parnaíba I, Parnaíba II, Parnaíba III e Parnaíba IV. Atualmente já estão em operação as usinas Parnaíba I (676 MW), Parnaíba III (176 MW) e Parnaíba IV (56 MW), fornecendo energia elétrica ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

O gás natural que abastece as usinas do Complexo Parnaíba é produzido pelos poços produtores da Bacia do Parnaíba. Atualmente o consumo de gás natural pelas usinas é de cerca de 6 milhões de metros cúbicos por dia. Foram decorridos apenas 18 meses do início das obras até a entrada em operação da primeira turbina do Complexo, em fevereiro de 2013. O Complexo Parnaíba tem capacidade licenciada para alcançar até 3.722 MW.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Flávio Dino vai lançar o Minha Casa, Meu Maranhão para mudar a habitação no Estado

IMG_1913


Hoje na série Soluções para o Maranhão é a vez da habitação. Esta é uma das propostas mais ambiciosas de Flávio Dino. Os números dizem tudo : a meta é reformar ou construir 200 mil unidades habitacionais no Estado. É o Minha Casa, Meu Maranhão

A proposta transforma o governo do Estado em parceiro do governo federal também na construção de casas.

O programa vai reduzir o número de casas precárias. “Precisamos transformar a vida do povo, enfrentar as 500 mil casas de taipa, as casas onde não existe banheiro, onde não existe água encanada. Construir um estado com dignidade e justiça para os maranhenses é possível”, afirma Flávio Dino.

Uma meta possível

Hoje, o Estado tem um déficit de 400 mil moradias. De acordo com o IBGE, o Maranhão é o Estado que possui maior índice de casas de taipa e de palha.

A ONG União por Moradia Popular avaliou positivamente a proposta de Flávio. Para a coordenadora da entidade, Creusamar de Pinho, a meta das 200 mil casas reformadas ou construídas é viável.

“Com recursos do governo federal e reorganização dos gastos do governo do Estado para subsidiar os valores dos imóveis para a população de baixa renda. é possível atender a meta apresentada”, afirma Creusamar.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

DEPUTADOS SÃO IMPEDIDOS DE VISTORIAR PRÉDIO DE EDINHO LOBÃO



Os deputados estaduais do bloco parlamentar de oposição: Rubens Pereira Jr. (PCdoB), Othelino Neto (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB) e Marcelo Tavares (PSB), acompanhados do deputado Federal, Simplício Araújo (Solidariedade), estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira (14) para realizar uma inspeção no prédio de propriedade do senador Edison Lobão Filho (PMDB), que teria sido alugado para o governo para que funcionasse uma clínica de tratamento de câncer.

O governo e a empresa Difusora Incorporação e Construção celebraram um contrato com validade de 12 meses, no valor de R$ 360 mil reais, para a locação do prédio. Desde o mês de março, Edinho recebe o equivalente a R$ 30 mil reais pelo aluguel do prédio que permanece fechado.

Diante das denúncias e respaldados pelo exercício da prática parlamentar, os deputados foram ao local para tentar vistoriar as obras, mas foram barrados. Segundo a pessoa responsável pela segurança do local, o proprietário da empresa que administra o prédio, identificado apenas como Beto, não teria autorizado a entrada dos deputados.

O imóvel, localizado na entrada do Parque Vitória, é de propriedade da Difusora Incorporação e Construções e foi locado por R$ 360 mil, durante o período de um ano.

Caminhada da Mudança agita Imperatriz e mobiliza população em torno da candidatura de Flávio Dino



Depois da grande mobilização da população em torno da Caminhada da Mudança em São Luís, na última quinta-feira, chegou a vez de Imperatriz mostrar que também está com Flávio Dino. O candidato da Coligação Todos Pelo Maranhão caminhou na manhã deste sábado (12) em meio a um número muito grande de moradores da cidade, mais uma vez em clima de festa e esperança.

A caminhada partiu da Praça da Cultura. Diversos líderes políticos compareceram para apoiar as mudanças propostas por Flávio Dino. Com bandeiras, palavras de incentivo e faixas, os moradores tomaram as ruas por onde Flávio passou para não deixar dúvidas sobre quem apoiam.

Foram sete quilômetros percorridos com muita animação. Diversas pessoas saíram na porta de casa para acenar a e abraçar a campanha. “Há 30 anos espero a mudança. Espero que, com Flávio, o Estado vire esse índice de pobreza, de piores índices por causa dessa política atual”, afirmou o engenheiro Liberato Moraes, 74.

“O povo de imperatriz levantou para dizer que quer a transformação do Maranhão. Chega de um grupo só governando o Estado”, disse Flávio Dino aos participantes da caminhada. “O Maranhão confia em ti”, respondeu o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Imagem do dia: O péssimo trabalho na Rua do Buriti

Chegando a campanha politica, a prefeita apresa para tentar passar uma boa imagem aos corotaenses, mas com suas obras de péssima qualidade só vem a piorar a sua gestão no município. O exemplo é a rua do buriti no bairro tresidela, com seus serviços de péssima qualidade tem tirado a tranquilidade dos moradores.

É carros, motos que ficam atoladas todos os dias, "em determinado dia foi a Van de uma equipe do posto de saúde da Trezidela que fazem visita a algumas famílias, no qual ficou "atolada" na famosa rua do Buriti".

Flávio Dino, Eduardo Campos e Marina Silva iniciam campanha da mudança na Rua Grande em São Luís.

SÃO LUÍS — O candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, iniciou nesta quinta-feira sua campanha política no Maranhão. Ele esteve em São Luís, e indicou que era importante fazer o corpo a corpo no estado para fazer oposição à velha política, representada pelo senador José Sarney (PMDB). Campos também fez críticas ao governo Dilma Rousseff.

— Da mesma forma que vocês lutam para pôr um fim a um ciclo do coronelismo sarneysista, nós também enfrentamos no Brasil um ciclo político que chegou ao fim e estagnou o País — disse ele em entrevista coletiva, no final da manhã, ao lado do candidato do PC do B ao governo do Maranhão, Flávio Dino.

Eduardo Campos participou de uma caminhada com Flávio Dino pelas ruas do centro histórico da capital maranhense e voltou a repetir que ele é o único candidato que, se eleito, colocará o PMDB de José Sarney na oposição.

— Será a primeira vez em 50 anos que Sarney não estará no governo, e sou o único que diz isso com todas as letras — disse ele, referindo-se à presidente Dilma Rousseff e ao candidato do PSDB, Aécio Neves.
— Quem quiser prestar um serviço ao Sarney, vota na Dilma. Quem quiser continuar com Sarney no governo, pode votar também no Aécio — completou.

Campos explicou que o PMDB tem o pé em duas canoas, e que a única em que não bota o pé é a do PSB.
— A nossa canoa é a da renovação política, que quer ver o Brasil ser governado de uma outra forma, e é preciso coragem para fazer a mudança e dizer que o nosso governo não terá a presença da velha política do coronelismo e do fisiologismo — garantiu.

Ex-aliado do governo Dilma, Eduardo Campos não perdoou a atual administração do PT, classificando-a como a pior da História do País pós-redemocratização.

— Essa é a primeira vez que um governo vai entregar o Brasil pior do que recebeu. O Itamar concluiu o mandato do Collor e entregou o Brasil melhor do que o Collor recebeu do Sarney; o Fernando Henrique entregou, depois de 8 anos, ao Lula, o Brasil melhor do que recebeu de Itamar; e o Lula entregou o governo a Dilma, também depois de 8 anos, muito melhor do que recebeu de Fernando Henrique. E, pela primeira vez, uma presidenta eleita, sobretudo com os votos dos nordestinos ,vai entregar o País pior do que recebeu do Lula — avaliou.

Sobre Aécio Neves, Campos fez questão de ressaltar que ele e o ex-governador de Minas Gerais não compartilham o mesmo projeto nacional desde 1984, nas Diretas Já.

— Ele trabalhou no governo Sarney e depois no de Fernando Henrique Cardoso, e nós estávamos na oposição. Depois, nós, eu e a Marina Silva, participamos do primeiro governo Lula, e Aécio é quem estava na oposição - explicou, lembrando, no entanto, que os dois possuem uma relação respeitosa e com capacidade de dialogar e respeitar as pessoas.

O candidato do PC do B, Flávio Dino, que foi presidente da Embratur e apoia a presidente Dilma, ouviu todo o discurso calado. Ele manteve a posição segundo a qual seu palanque é aberto a todos os candidatos, e que ele seria uma espécie de síndico, sem se manifestar a favor de um ou outro.

— O que interessa é que todas as forças progressistas do País estão unidas no Maranhão contra a oligarquia mais antiga do Brasil — disse ele, logo após a caminhada.

Na ampla coligação formada por Dino, o PC do B, PDT, PP, PROS e parte do PT apoiam Dilma Rousseff; o PSDB, Solidariedade e PTC estão com Aécio Neves, e o PSB e PPS defendem Eduardo Campos.

Jornal Pequeno

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Maranhenses abraçam a candidatura de Flávio Dino


Flávio Dino, candidato a governador pela Coligação Todos pelo Maranhão, percorreu por um ano e quatro meses mais de 100 municípios de todas as regiões do estado. Por onde passou, sempre fez questão de estar próximo ao povo, conversando e ouvindo depoimentos de quem conhece de perto a realidade de cada cidade.

Nessas conversas, recebeu diversas mensagens de apoio e confiança de um governo de oportunidade para todos. Um desses encontros foi na comunidade quilombola de Frechal, localizada em Mirinzal, área que marcou uma das atuações de Flávio Dino como juiz federal. A partir de uma decisão de Flávio em 1994, a comunidade foi a primeira do Brasil a ser reconhecida judicialmente e concedida aos atuais moradores com direito de domínio. “Nós tivemos muito medo de chegar aqui e ser expulsos ou de ter algum problema com o antigo dono. Mas o Flávio Dino, que era juiz do caso, disse: ‘Não se preocupem. Voltem para a terra de vocês, construam suas casas e façam suas plantações. Ninguém vai tirar vocês de lá, eu garanto’,” lembrou seu Inácio, um dos moradores da comunidade que acompanhou o processo há 19 anos na Justiça Federal do Maranhão.

 Oportunidade e esperança Em Miranda, o pedido foi por mais oportunidade e esperança. A mensagem partiu do jovem Miguel Santos, de 18 anos: “Muitos jovens precisam sair daqui em busca de emprego e para estudar. O que pedimos é que haja políticas públicas também para os jovens. A gente acredita que com Flávio Dino as coisas fiquem bem melhores”. O mesmo desejo foi externado por Jadiel Sousa, jovem de Itapecuru: “Nosso sonho é que sejamos assistidos, pois a juventude está esquecida”, pediu. A realidade do campo foi relatada pela quebradeira de coco Maria Querubina. “O babaçu é uma das maiores riquezas que temos em nosso estado e que não é bem aproveitada. Mas a nossa esperança ainda não acabou, não morreu. O Maranhão fará uma grande frente com Flávio Dino”, disse, ela que é residente do assentamento da Vila Conceição, em Imperatriz, e quebradeira de coco desde os sete anos.

 Durante o Diálogos pelo Maranhão, coordenado por Flávio Dino, Roberto Rocha e Carlos Brandão, os candidatos ouviram os problemas do dia a dia dos maranhenses. Entre eles, foram recorrentes a falta de abastecimento de água, o pedido de oportunidade para os jovens, a necessidade de instalação de hospitais regionais, o incentivo à produção no campo e melhoria na infraestrutura das estradas. De Flávio, Brandão e Roberto, a população ouviu o compromisso de mudar a vida dos maranhenses com a aplicação correta dos recursos públicos.

Davi Telles retira pré-candidatura e segue para coordenação

Davi Telles
Davi Telles (C) no lançamento de sua pré-candidatura com Flávio Dino (E) e Bira do Pindaré

Sobre a retirada da minha pré-candidatura a deputado federal


Davi Telles


  1. Alguns meses atrás, como muitos amigos sabem, havíamos dado início a um movimento de convergência de pessoas e sentimentos com o objetivo de apresentar uma candidatura de deputado federal que representasse os setores sociais progressistas.
  2. Apresentei meu nome e minha disposição para enfrentar um processo eleitoral que sabemos ser marcado pela prevalência do poder econômico, principalmente nas disputas proporcionais, o que ressalta a necessidade urgente da imprescindível Reforma Política. Mesmo ciente da trágica realidade da compra de votos como regra geral nas eleições para o Legislativo, acreditei – como ainda acredito- na possibilidade de conquistar um mandato parlamentar animando os desencantados com as instituições democráticas e reunindo muitos daqueles que nunca perderam a disposição em lutar na política institucional.
  3. No dia 1º de maio último, aproveitando a comemoração do meu aniversário, anunciei, numa grande festa em homenagem aos heróis da esquerda de todos os tempos, junto com a família, Flávio Dino e Bira do Pindaré, a minha pré-candidatura a deputado federal e disse que, se passássemos da pré-candidatura para a efetiva candidatura, lutaríamos com todas as forças para conseguir um espaço de representação que fosse uma voz dos trabalhadores do setor privado, dos servidores públicos, dos trabalhadores rurais –e da luta pela terra-, dos negros, dos índios, da luta das mulheres por igualdade, das crianças e dos adolescentes – sobretudo aqueles em situação de fragilidade social-, das pessoas com deficiência, comunidade LGBT, comunidades tradicionais, pessoas atingidas por grandes empreendimentos, pessoas em situação de rua e tantos outros grupos sociais dominados, explorados, injustiçados e muitas vezes humilhados.
  4. Foi impressionante e animador constatar que, ainda hoje, basta acender uma pequena centelha utópica para que o fogaréu militante dos velhos e novos amigos passe a aquecer nossos sonhos. E que, para além dos sonhos, a pauta a ser enfrentada por um representante no Congresso Nacional interessa e toca as pessoas muito mais do que podemos imaginar: reforma política, democratização da mídia, auditoria cidadã da dívida pública, negociação coletiva no serviço público, direito de greve dos servidores públicos, redução da jornada semanal de trabalho, sistema de representação dos trabalhadores dentro das empresas e órgãos público, destinação de 10% do PIB para a Educação, modernização da matriz energética... Há uma sede de representação por conta de um abismo entre representantes e representados.
  5. No entanto, para nós, maranhenses, há um tema mais importante do que todos nesse momento: a iminente superação do modelo oligárquico concentrador de poder e riquezas em nosso estado. Discutir e legislar em alto nível sobre Direitos Humanos, recuperação das funções públicas do Estado e outros grandes temas nacionais é um sonho. Diante da mazela da crise de representatividade atual, eu diria que é uma imperiosa necessidade. Porém, nessa quadra histórica, nada pode ser considerado mais relevante do que contribuir para a eleição de Flavio Dino. Assim, tendo sido convidado para me incorporar à coordenação da campanha majoritária e convencido de que temos todos uma missão histórica maior neste momento, resolvi declinar da “quase candidatura” para me filiar de corpo e alma no projeto ao qual sempre estive vinculado. Entendo que posso ser muito mais útil nesse momento dando minha contribuição à eleição para o Governo do Estado.
  6. Agradeço e celebro o fogo militante das centenas de pessoas mobilizadas e das muitas organizações –sobretudo sindicatos- que viveram comigo este projeto desde o início. Também preciso pedir desculpas àqueles que, por tão envolvidos, podem estar desapontados nesta altura. Mas espero e peço que compreendam. Estou disponível para conversar individualmente com todos. Obrigado por tudo!

Um grande abraço.

terça-feira, 8 de julho de 2014

Tragédia: empresário coroataense morre em grave acidente de carro

COROATÁ ONLINE MA | 21:50 |


















A tragédia envolvendo dois veículos aconteceu na tarde desta segunda-feira (07/07), por volta das 17h30, próximo ao Povoado Vila 07 de Setembro na MA-020, estrada que liga a cidade de Coroatá ao município de Peritoró, matando o microempresário Nelson Ferreira Silva Filho e deixando sua esposa, identificada como Josyneuza Oliveira da Silva, com algumas escoriações pelo corpo.

De acordo com as primeiras informações Nelson Ferreira, bastante conhecido na cidade, dirigia um carro corsa vermelho retornando do município de Viana quando ao tentar fazer uma ultrapassagem colidiu de frente com um caminhão da empresa Depósito de Bebidas Guanabara. O microempresário acabou morrendo na hora. O impacto da batida foi tão violento que o motor do veículo acabou sendo arremessado para longe.

CONFIRA ALGUMAS IMAGENS EXCLUSIVAS DO COROATÁ ONLINE










 

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Mais uma vez Coroatá fica fora dos Jogos Escolares Maranhenses

 
Na semana passada foi realizado no Ginásio Poliesportivo Carlos Fernando, em Codó, a abertura da Etapa Regional Leste dos Jogos Escolares Maranhenses - JEMs 2014. Delegações de nove municípios da região e mais a da anfitriã Codó estiveram juntas para a celebração do momento único para o esporte maranhense. Infelizmente a cidade de Coroatá, pela segunda vez consecutiva, deixa de ser representada pelos seus jovens.

Vale lembrar que na gestão do ex-prefeito Luís da Amovelar, Coroatá não só participou do JEMs como também foi por duas vezes sede da etapa Regional dos Jogos Escolares Maranhenses e deu um exemplo de organização e estrutura, sendo elogiada por inúmeras delegações.

Infelizmente mais uma vez nossos jovens não farão parte dos mais de mil estudantes das cidades de Afonso Cunha, Bacabal, Cantanhede, Coelho Neto, São João do Soter, Aldeias Altas, Timom, São Mateus, Caxias e Codó.

A Secretaria de Esportes de Coroatá, segundo o que nossa redação apurou, vai tentar realizar os jogos escolares no próximo mês (agosto), o objetivo é avaliar o esporte praticado nas escolas e ver a necessidade de implementar novas modalidades para só então disputar o JEMs, em 2015.
Do Coroatá Online

Revista Isto É: o fim das dinastias e a derrota de Lobinho no MA



Aparentemente um caso isolado, a aposentadoria de José Sarney, depois de as pesquisas indicarem altos índices de rejeição ao seu nome e ao da filha, a governadora do Maranhão, Roseana, mostra que a política pode estar vivendo um momento um tanto quanto inusitado, ou pelo menos caminha para isso. Pesquisas para as disputas estaduais realizadas até agora revelam que herdeiros de políticos conhecidos, donos de sobrenomes famosos, não vivem uma situação tão confortável como em eleições passadas. Embora ainda detenham um vasto patrimônio, incluindo empresas na área de comunicação, e contem com o poder e a influência dos parentes nos diretórios regionais dos partidos, eles precisarão suar a camisa se quiserem triunfar no pleito deste ano.

Os exemplos se espalham pelo País. No Maranhão reside o caso mais nítido do enfraquecimento das dinastias. A candidatura de Lobinho (PMDB), filho do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, representava a esperança de que o poder se mantivesse ao menos próximo do grupo político de Sarney, que submergiu depois de longos 50 anos no comando do Estado. Mas o senador Edison Lobão Filho corre sério risco de ser derrotado pelo adversário Flávio Dino (PCdoB) ainda no primeiro turno.

Em Roraima, a influência do senador Romero Jucá (PMDB) não tem sido suficiente para fazer deslanchar a chapa da situação, composta pelo seu filho Rodrigo, que é candidato a vice-governador. Diferentes pesquisas feitas até aqui mostram que a impopularidade do atual governador do Estado, Chico Rodrigues (PSB), companheiro de chapa de Jucazinho, deixa o grupo com percentuais que não chegam a 25% das intenções de voto. A principal adversária é Ângela Portela, do PT, que ostenta o dobro. No Estado, Jucá, o pai, mantinha poder inabalável havia décadas e sempre colocou sua influência a serviço da projeção política do filho. Até agora, no entanto, esse empenho não surtiu efeito.

Ciente do ocaso dos coronéis País afora, o filho do senador Jader Barbalho, Helder Barbalho, tentou ser mais esperto para não perder votos. Candidato ao governo do Pará, ele preferiu não usar o sobrenome Barbalho na campanha, apesar de sobreviver politicamente graças à influência da família no Estado. Mas é quase impossível desvincular o nome dos dois. A maior parte do eleitorado paraense conhece a trajetória familiar de Helder. E o pai está mais próximo do que nunca da campanha do herdeiro. Para viabilizar o filho, Jader Barbalho usou seu prestígio para levar o ex-presidente Lula à convenção do partido, na última segunda-feira 30. Por ora, nas recentes pesquisas, Helder aparece tecnicamente empatado com o atual governador Simão Jatene (PSDB), candidato à reeleição. Ou seja, a disputa está acirrada e, se quiser vencer nas urnas, Helder, com ou sem o “Barbalho”, terá de mostrar mais do que padrinhos de peso.

Renan Filho, herdeiro do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), talvez seja a experiência mais bem-sucedida, pelo menos até agora, da tentativa de uma família de manter a influência regional. Mas dificuldades para isso nem de longe poderiam ser vislumbradas anos atrás. Com o diretório estadual do partido nas mãos e uma lista de favores concedidos aos governos Lula e Dilma Rousseff, o senador conseguiu colocar Renan Filho na dianteira das pesquisas. A margem, porém, é apertada. Como poucas vezes aconteceu na sua carreira política, Renan Calheiros vem tendo trabalho para costurar as alianças em torno do filho. Para o lamento do cacique alagoano, que nunca precisou fazer campanha no Estado para vencer eleição, a força do sobrenome já não é mais a mesma.

Roseana Sarney e Jorginho Murad preparam fuga do Maranhão


Advogado com bom trânsito entre os caciques do grupo Sarney relatou ao Blog Marrapá que a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), já está se desfazendo de parte dos bens da família para deixar o estado no começo de 2015.

Na Assembleia Legislativa do Maranhão, deputados de situação e oposição confirmam a intenção da governadora e destacam como provável destino as cidades de Miami e Las Vegas, onde a filha de José Sarney costuma curtir anualmente férias com o marido Jorge Murad e as filhas.

De acordo com uma das principais lideranças do governo no legislativo estadual, o desinteresse de Roseana pela campanha de Edinho Lobão é sintomático. “As lideranças do grupo sabem que vão perder a eleição e estão querendo apenas salvar alguns apadrinhados, como Carlos Filho, Adriano Sarney, entre outros”. E, continuou. “A impressão que se tem é que a Roseana não vê a hora de terminar logo esse governo para ir embora do Maranhão”.

Para a oposição, Roseana Sarney teme ficar no país e enfrentar a justiça pelas acusações de corrupção e desvios de dinheiro público durante os seus governos, por isso preparou o plano de se exilar no exterior.

Há relatos de empregadas da mansão dos Sarney que inclusive estariam estudando inglês para acompanhar os patrões na viagem.

Em nota neste fim de semana, a colunista do Jornal do Brasil, Ana Ramalho, confirmou que a governadora pretende deixar o estado no fim deste governo.

Leia mais no site - http://www.marrapa.com/

domingo, 6 de julho de 2014

Milhares de pessoas recebem Simplício Araújo e Bira em Coroatá


Foto: Sucesso total na reunião dos amigos(as) de Domingos Alberto.

Na noite de ontem (05), no sitio do Edmilson na rua da caema, aconteceu a grande reunião da grande liderança de Coroatá Domingos Alberto, no qual o deputado federal Simplício Araújo e candidato a reeleição e o Deputado Estadual Bira do Pindaré participou na cidade de Coroatá, de um grande ato politico organizado pelo ex-vice-prefeito da cidade, Domingos Alberto.

Simplício, agradeceu o imenso apoio que tem tido em Coroatá, e se comprometeu em continuar sua luta por um Maranhão mais justo. Domingos Alberto, aproveitou pra destacar a proximidade de Simplício e Bira com o povo de Coroatá.

Foto: Avante para a mudança!



quinta-feira, 3 de julho de 2014

Simplício Araújo condena mais uma tentativa de golpe eleitoral do governo do Maranhão

Da tribuna nesta quarta-feira (2), o deputado Simplício Araújo (SD/MA) criticou mais uma tentativa de golpe eleitoral do governo do Maranhão. Dessa vez, se pretendia usar recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios do Maranhão (Fundema) na campanha eleitoral.

Na última semana, o deputado apresentou requerimento de informação solicitando ao BNDES explicações sobre a transferência de recursos dos empréstimos feitos junto ao banco, entre 2009 e 2012, para o recém criado Fundema. O objetivo, segundo explicou, é barrar uma suposta tentativa do governo do estado em usar esses recursos na campanha eleitoral.

“É uma denúncia muito grave. Em 2010 já houve no nosso estado o maior engodo eleitoral que o país já viveu, com a promessa da refinaria Premium I de Bacabeira. Não podemos cair em mais um golpe do governo Roseana Sarney”, ressaltou o parlamentar durante pronunciamento.

Na segunda-feira (30), com base em uma Ação Popular impetrada por deputados de oposição em São Luís, a Justiça Federal decidiu, liminarmente, suspender essa transferência.

Os empréstimos feitos pelo governo do estado junto ao BNDES deveriam servir para amenizar a situação de extrema pobreza em que vivem milhares de maranhenses, de acordo com Simplício. “Quando dados sobre saúde, educação, saneamento e moradia são divulgados, o Maranhão sempre é um dos últimos estados da federação em todos os quesitos. Não podemos permitir que esses recursos sejam utilizados como moeda de troca”, completou.

O projeto enviado por Roseana previa que o caixa do fundo fosse abastecido com dinheiro do BNDES para financiar ações das prefeituras. De acordo com o recurso dos deputados, entre 2009 e 2012, o governo do Maranhão captou cerca de R$ 4,5 bilhões do BNDES.

“Um convênio da ordem de mais de 4,5 bilhões está sendo desviado para o Fundema. Um fundo para irrigar obras eleitoreiras e não para aplicar no que o Maranhão realmente precisa. São convênios que não foram construídos sob a ótica do desenvolvimento do Maranhão, mas sob a ótica eleitoreira e dos interesses do grupo Sarney no Maranhão”, lamentou Simplício.

O parlamentar considerou lamentável o fato de a família Sarney nunca ter tido interesse em reverter esses quadros. “Tem apenas o único e puro objetivo de permanecer no poder para que três famílias continuem mandando e se perpetuando naquele estado.”

Por fim, Simplício frisou ser inadmissível que esse grupo – que promove uma política danosa no Maranhão há anos – use o BNDES no Maranhão com o objetivo de atender seus interesses. “Um governo que não usa os recursos para melhorar a qualidade de vida da população, mas usa de acordo com o seus interesses, assim como querem fazer agora com o BNDES.”

-> Uma comitiva de parlamentares maranhense irá ao Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (3), cobrar explicações do BNDES sobre essa transferência.

A frase:

“O Maranhão merece dinheiro, sim, merece recursos, sim, mas para investir na pobreza e reverter, de uma vez por todas, o quadro de miséria que o grupo Sarney instalou no estado do Maranhão.”


terça-feira, 1 de julho de 2014

Deputado Bira ressalta sentimento de mudança presente na convenção dos partidos de oposição

A convenção dos partidos de oposição ao Governo do estado do Maranhão foi o tema principal dos discursos, na tarde desta segunda-feira (30), na sessão plenária da Assembleia Legislativa.

O deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) fez questão de registrar a felicidade de toda militância da oposição que estava presente ao Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, na manhã do último domingo (29). Segundo os organizadores da Convenção, aproximadamente 10 mil pessoas lotaram o Centro de Convenções e suas imediações.

Na oportunidade foram homologadas as candidaturas de Flávio Dino (PC do B) ao Governo do Estado, Roberto Rocha (PSB) ao Senado Federal e dos candidatos a deputado estadual e federal do PSB, PC do B, PSDB, Solidariedade, PROS, PDT.

O deputado Bira destacou que o evento marcou a homologação de sua candidatura a reeleição e ressaltou a simbologia da presença da deputada estadual Lecy Brandão (PC do B) que cantou a música do compositor maranhense César Teixeira “Oração latina”.

O parlamentar também exaltou a presença do maior líder camponês da história do Maranhão, Manoel da Conceição, que apesar de seus quase 80 anos estava feliz por representar as lutas dos trabalhadores rurais. Manoel, que também é presidente de honra do PT-MA leva as bandeiras do partido da presidente Dilma para a campanha de Flávio Dino.

“Foi uma festa da democracia, tudo muito belo, a união de todos os partidos de oposição a oligarquia que governa o Maranhão há quase 50 anos. São 9 partidos de oposição, mais a militância do PT unificados e apoiando um único candidato ao Governo do Estado e um único candidato ao Senado Federal”, comemorou Bira.

Bira encerrou seu pronunciamento conclamando todas as pessoas de bem, que acreditam na mudança social real e que tem esperança em dias melhores para o Maranhão a embarcarem na onda da renovação política. O socialista também afirmou que a união das oposições é o maior desgosto da oligarquia, que torceu e articulou diuturnamente pela fragmentação do grupo.

Agora Fundema pra Roseana: Justiça Federal proíbe fundo de transferir empréstimo do BNDES

Do blog do Jorge Vieira

Juiz vê possibilidade de uso eleitoreiro de empréstimo de mais de R$ 4,5 bilhões no pleito de 2014 e cita Roseana Sarney como reincidente em compra de apoio político.

A Justiça Federal decretou, na tarde de ontem (30), a suspensão dos atos do Fundema (Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios do Maranhão) por suspeita de irregularidades nos seus mecanismos e pela possibilidade de uso dos recursos na compra de apoio político. A liminar determina que a governadora Roseana Sarney (PMDB) e seu secretariado se abstenham de transferir verbas dos empréstimos feitos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES entre os anos de 2009 e 2012.

A alegação acolhida pelo juiz federal Jorge Ferraz de Oliveira Júnior, que responde pela 5ª Vara da Justiça Federal no Maranhão, é de que a burla às leis de fiscalização, a aprovação da lei em menos de 10 dias e a proximidade das eleições são indícios suficientes para pedir a imediata suspensão da transferência direta dos valores provenientes do empréstimo do BNDES, pelo Fundema.

Violação de cláusulas do contrato com o BNDES e desrespeito à Lei de Licitações (lei 8.666/93) foram apontados na decisão como fatores indicativos de que a lei que instituiu o Fundema pudesse ter desvio de finalidade.

A lei aprovada a toque de caixa pela Assembleia Legislativa, de acordo com a decisão, “permite que recursos sejam utilizados para pagar obras anteriores às transferências de recursos para o Fundema”, inclusive liquidando obras anteriores ao empréstimo. Isso faria com que as contratações feitas para a execução desses serviços não pudessem ter a fiscalização necessária, a começar pela não publicação do aviso de licitação no Diário Oficial da União.

Segundo o juiz, há grande possibilidade de que os R$ 4,5 bilhões resultantes de empréstimos feitos pelo Governo do Estado na gestão de Roseana Sarney possam ser usados com fins eleitoreiros. Com base no parecer da Procuradoria Geral da República, que atestou o uso de convênios para comprar apoio político e eleitoral nas eleições de 2010, o juiz federal afirmou que “a proximidade das eleições impõe a imediata concessão da liminar”.


A decisão foi originada de Ação Popular movida pelos deputados Marcelo Tavares (PSB),Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Othelino Neto (PCdoB) e Bira do Pindaré (PSB), que denunciaram à Justiça Federal a probabilidade de que o valor emprestado pelo Governo Federal fosse desviado em “transações eleitoreiras”.

O juiz afirmou ainda que a lei, nos moldes como foi aprovada, não dotou mecanismos de fiscalização, transparência e controle adequados. Em clara referência a casos de corrupção, Jorge Ferraz Júnior afirmou que a liminar tem por objetivo maior “evitar prática comum em diversas ações por improbidade”, como saque na boca do caixa. Esse tipo de uso da verba pública exige maior fiscalização de aplicação dos recursos e transparência nas transações financeiras na administração pública, “cautela essa que a lei instituidora do Fundema não adotou”, diz a decisão.

Com a liminar emitida ontem e encaminhada à governadora Roseana Sarney, ao secretárioJoão Bernardo Bringel (Planejamento) e Luciano Coutinho, presidente do BNDES, o Governo do Estado volta a ser o gerente dos mais de R$ 4,5 bilhões adquiridos em empréstimos feito junto ao Governo Federal ao longo de 3 anos – restabelecendo as regras do contrato firmado para que o próprio Governo Estadual seja o responsável pelas obras.