segunda-feira, 14 de julho de 2014

DEPUTADOS SÃO IMPEDIDOS DE VISTORIAR PRÉDIO DE EDINHO LOBÃO



Os deputados estaduais do bloco parlamentar de oposição: Rubens Pereira Jr. (PCdoB), Othelino Neto (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB) e Marcelo Tavares (PSB), acompanhados do deputado Federal, Simplício Araújo (Solidariedade), estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira (14) para realizar uma inspeção no prédio de propriedade do senador Edison Lobão Filho (PMDB), que teria sido alugado para o governo para que funcionasse uma clínica de tratamento de câncer.

O governo e a empresa Difusora Incorporação e Construção celebraram um contrato com validade de 12 meses, no valor de R$ 360 mil reais, para a locação do prédio. Desde o mês de março, Edinho recebe o equivalente a R$ 30 mil reais pelo aluguel do prédio que permanece fechado.

Diante das denúncias e respaldados pelo exercício da prática parlamentar, os deputados foram ao local para tentar vistoriar as obras, mas foram barrados. Segundo a pessoa responsável pela segurança do local, o proprietário da empresa que administra o prédio, identificado apenas como Beto, não teria autorizado a entrada dos deputados.

O imóvel, localizado na entrada do Parque Vitória, é de propriedade da Difusora Incorporação e Construções e foi locado por R$ 360 mil, durante o período de um ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário