domingo, 24 de agosto de 2014

Blogueiro Pablo Lima é agredido e tem celular roubado por seguranças de Andrea Murad após registrar comício na Vila 7



Durante comício realizado na noite deste sábado, 23, na Vila 7, zona rural do município de Coroatá, pela candidata a deputada estadual Andrea Murad(PMDB), o criador e editor do Coroatá de Verdade, Pablo Lima, foi agredido ao tentar fotografar o evento.

Após o término da Caminhada da Mudança, que arrastou centenas de pessoas pelas ruas da cidade que abraçaram a candidatura de Flávio Dino (PCdoB) ao governo do estado, o blogueiro, que se dirigia ao município de Pedreiras acompanhado de três amigos para participar de outras atividades na manhã do dia seguinte. Ao passar pelo povoado Vila 7 na zona rural de Coroatá, onde ocorria o comício da candidata da Coligação Pra Frente Maranhão, resolveu parar para fazer o registro fotográfico do comício para publicação posterior em veículo de comunicação que mantém na internet, uma ação corriqueira em sua vida de blogueiro que poderia ser exercida de forma tranquila.

Mas em meio aos poucos populares que acompanhavam a palestra, o editor, após fazer algumas fotos do evento, percebeu uma movimentação estranha em sua direção e tentou imediatamente deixar o local para em segurança encontrar aos amigos que haviam ficado no carro a beira da estrada, mas foi cercado por seguranças, possivelmente, a mando da candidata e da prefeita Andrea eTeresa Murad (PMDB), respectivamente, esta última também se encontrava no comício e acompanhou indiferente a ação dos seus funcionários.

Após levar vários socos, o blogueiro ainda teve o seu aparelho celular (um Moto G) roubado pelos seguranças. Após o roubo e em meio as agressões a candidata Andrea Murad desceu do carro-palanque e garantiu ao blogueiro que seu celular seria entregue após o comício, o que não ocorreu.

Acompanhado do amigo ludovicense Josélio Amorim, o único das três pessoas que o acompanhava o blogueiro que ficou no local e viu apenas de longe parte dos acontecimentos, foi retirado do local pelo vereador Leon Camilo (DEM), mas, mesmo dentro do carro do parlamentar aliado à família da candidata, recebeu o último soco dos seguranças das Murad’s, o que resultou em alguns hematomas (foto). Percebendo o ocorrido os outros dois amigos do blogueiro que o acompanhavam na viagem dirigiram-se a vizinha cidade Peritoró para chamar a Polícia, mas ao chegar ao local os dois já haviam sido resgatados às pressas pelo democrata que reprovou a ação violenta e animalesca orquestrada por seus aliados.

Ainda na noite de sábado, o blogueiro dirigiu-se a Delegacia de Polícia local, mas teve o seu direito de registro do Boletim de Ocorrência negado pelo escrivão, recebendo apenas o requerimento para realização do exame de corpo de delito, mas ao procurar a UPA 24hs também não foi atendido.

Esta não foi a primeira, e talvez não seja última, que um blogueiro coroataense é agredido por asseclas do secretário e deputado licenciado Ricardo Murad, em março deste ano a vítima foi Cleo Freitas, também editor do Coroatá de Verdade, em um ato vergonhoso e reprovável que conta com o apoio daqueles que atualmente mandam e desmandam no município às custas do poderio econômico que os levaram a vitória nas eleições municipais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário