domingo, 3 de agosto de 2014

Edinho Lobão não cresce nem em pesquisa cheia de irregularidades

 
A pesquisa encomendada pelo jornal O Imparcial ao Instituto Econométrica divulgado na edição deste domingo, mas já em circulação, apresenta dados da disputa eleitoral que diferem muito de todas as pesquisas até aqui realizadas e divulgadas.

De acordo com a Econométrica, Flávio Dino teria hoje 50,6% das intenções de votos; Edinho Lobão 31%; professor Josivaldo 2,4%; Pedrosa 0,5%; Zé Luis Lago 0,3%. Saulo Arcangeli não pontuou. Nulos somam 5,4; e não sabem 9,8%.

Na média dos outros institutos, Flávio Dino tem sempre acima de 30 pontos percentuais sobre Lobão, que fica em patamares entre 20 e 23%.

O Instituto Econométrica descumpriu ordem judicial que determinava auditagem em questionários aplicados em pesquisa anterior. Há a suspeita de fraudes na aplicação dos questionários e tabulação dos dados para favorecer o candidato Edinho Lobão. A Justiça também se pronunciou determinando a suspensão de parte da pesquisa.

Mas mesmo sob forte suspeita de atuar para a candidatura de Edinho Lobão, a Econométrica não conseguiu colocar o candidato no patamar que eles pretendiam e chegaram a anunciar, de apenas 15 pontos atrás de Flávio Dino.

Em seu perfil no twitter, o candidato Flávio Dino comentou a pesquisa. “Agradeço ao povo maranhense a liderança em mais uma pesquisa. Até um instituto de comprovada má-fé é obrigado a registrar a enorme diferença”, escreveu. Disse ainda que “essa ampla liderança está no coração do nosso povo. Nem mesmo pesquisa de má-fé consegue esconder a verdade. Avante, venceremos.”(Blog Marrapá)

Nenhum comentário:

Postar um comentário