quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Ministério dos Transportes acata indicação do deputado Bira e garante a construção de ciclovia ao longo da BR-135, no município de São Luís



 O Ministério dos Transportes respondeu a indicação do deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) solicitando a construção de ciclovias, no techo da BR-135, que compreendem a ilha de São Luís.

A indicação foi aprovada e o Ministério dos Transportes assegurou a construção das ciclovias. Bira comemorou a decisão do Ministério, destacou a importância da iniciativa e do uso da bicicleta como meio de transporte alternativo no Maranhão.

O parlamentar defendeu a modernização das vias públicas em todas as cidades do Maranhão. Bira também garantiu uma nova indicação ao Ministério dos Transportes solicitando que a medida tomada na BR-135, no município de São Luís, se estenda para todas as BRs nos trechos urbanos das cidades maranhenses.

“Vai ser uma grande contribuição para o desenvolvimento, um incentivo ao uso da bicicleta como meio de transporte, algo moderno, contemporâneo, necessário, ambientalmente sustentável, que faz bem a saúde, que contribui de todas as formas, além também de contribuir para diminuir o congestionamento do trânsito”, explicou Bira.

Bicicletários
Um Projeto, também de iniciativa, do deputado Bira tramita na Casa Legislativa e prevê obrigatoriedade de cota nos estacionamentos públicos para bicicletas, dessa forma incentivando a população a fazer uso da bicicleta como meio de transporte.

Tanto a indicação quanto Projeto de Lei foram levados ao parlamentar pelo Movimento do Pedal. Movimento de pessoas que ocupa as ruas para defender o uso da bicicleta e se movimenta pela cidade em grupos exercitando, fazendo exercício físico, mas também chamando atenção das autoridades para os problemas que os ciclistas enfrentam nas vias públicas em várias partes do Maranhão.

“Quero reafirmar o nosso apoio a essa luta, do Movimento do Pedal, das pessoas que querem e defendem o uso da bicicleta como meio de transporte e que assim os prefeitos também se sensibilizem e comecem a garantir que todos os projetos futuros já assegurem a implantação de ciclovias”, assegurou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário