sábado, 27 de dezembro de 2014

Simplício Araújo entre os mais atuantes do Congresso pelo segundo ano consecutivo

O deputado federal Simplício Araújo (SD/MA) que foi o segundo deputado federal mais votado em Coroatá, está novamente entre os parlamentares mais atuantes do país. No primeiro ano de mandato, em 2013, o parlamentar foi escolhido pela VEJA, em parceria com o Núcleo de Estudos sobre o Congresso (Necon) do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Iesp – Uerj), um dos 20 melhores parlamentares. Este ano Simplício aparece em 22º.

“Mesmo tendo cumprido apenas 2 anos de efetivo exercício parlamentar, pois assumi em fevereiro de 2013, busquei caminhar ao lado dos anseios da população brasileira, defendendo projetos de relevância para o aperfeiçoamento e melhoria na qualidade de vida de todos. É gratificante encerrar este mandato novamente sendo reconhecido pela VEJA e por um instituto sério como é o Iesp, ligado à Uerj”, afirmou o deputado.

Entre as principais bandeiras de atuação do parlamentar estão o combate à corrupção e as reformas política e tributária, além de uma melhor destinação dos recursos públicos para a saúde.

“Sabemos que os maiores entraves para o desenvolvimento do país são o excesso de carga tributária e a corrupção que assola todos os setores. É preciso que esses problemas sejam encarados de frente e apenas com um parlamento forte isso pode ser mudado. É preciso que exista transparência nos gastos públicos e uma fiscalização efetiva da sociedade”, destacou.

O Ranking
– No ranking da revista são levadas em conta propostas de ajustes na legislação capazes de contribuir para um país mais moderno e competitivo.

Os eixos de atuação considerados fundamentais para isso são: carga tributária menor, mais simples e sem impostos em cascata; infraestrutura (estradas, portos, aeroportos); combate à corrupção; melhor gestão do gasto público; sistema educacional universal e eficiente; marco regulatório claro e respeitado; simplificação de regras e poda da selva burocrática; governabilidade; e relações trabalhistas.

Pelo mundo afora, os vários indicadores que mapeiam as ações dos parlamentares tem o objetivo de definir o posicionamento dos congressistas em relação a temas-chave do cotidiano da sociedade.

A relevância disso é cristalina: de posse desses dados, é possível analisar comparativamente a atividade de deputados e senadores, desenvolvendo e testando hipóteses explicativas, e preditivas, sobre o comportamento coletivo do Legislativo; ao mesmo tempo, eles possibilitam aos eleitores avaliar em que medida os parlamentares se aproximam – ou se afastam, evidentemente – dos seus pontos de vista.

O Necon desenvolveu uma metodologia que observa todas as etapas de uma proposição, de sua origem à votação final, com peso específico em cada uma das fases.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Veja quem deixou sua mensagem de Natal



 

Menos da metade das casas do MA tem alimentação assegurada

iG São Paulo
fome 
 Maranhão e Piauí são os Estados com menor número de casas em que os moradores têm a alimentação assegurada. No Maranhão, 60,9% dos domicílios sofrem com alguma preocupação com a quantidade de alimentos, podendo chegar à fome. No Piauí, a situação é enfrentada por 55,6% dos lares.
O índice dessas unidades federativas está muito acima da média brasileira, que é de 22,6%. Na região Nordeste e Norte, apenas o Estado de Rondônia teve índice de segurança alimentar abaixo da média (21,6%).

Os números foram divulgados nesta quinta-feira (18) e fazem parte da pesquisa sobre segurança alimentar realizada pelo IBGE, que registrou relatos de preocupação dos moradores com a quantidade de alimento disponível na casa nos três meses anteriores ao questionário.

Os estados com maior taxa de lares com alimentação assegurada são Espírito Santo (89,6%), Santa Catarina (88,9%) e São Paulo (88,4%).

A pesquisa apontou que, em 2013, 3,2% dos lares brasileiros tinham passado por situações de privação de alimentos e fome. Neles moravam cerca de 7,2 milhões de pessoas.

O índice de casas em que algum morador relatou fome foi mais alto nas regiões Norte e Nordeste, 6,7% e 5,6% respectivamente. Nas regiões Sudeste e Sul a taxa foi de 1,9% e, na Centro-Oeste, 2,3%.
Apesar de ainda ter os piores números de segurança alimentar do País, o Nordeste foi a região que obteve o maior avanço no número de casas com alimentação suficiente nos últimos nove anos: 15,5 pontos percentuais.

Em 2004, apenas 46,4% dos lares nordestinos estavam em situação de segurança alimentar. Em 2013 essa proporção chegou a 61,9%.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Flávio Dino fará auditorias na Sema, Saúde e Infraestrutura

flavio dino

Blog do Gilberto Lima, com edição

O governador eleito Flávio Dino determinará auditoria em todas as secretarias do Estado. No entanto, não pretende contratar empresas de renome no ramo de auditoria, pois o custo seria alto e oneraria o cofre do Estado.

O objetivo  é utilizar auditores do próprio quadro funcional do Estado. Para ele, a população não entenderia a medida de contratar uma auditoria independente, logo no início do governo, com muitos problemas a serem enfrentados, principalmente no que se refere às finanças.

O governador entende que há necessidade de se ter um diagnóstico completo de tudo o que foi feito em cada pasta nos últimos anos, principalmente de que forma foram aplicados os recursos públicos. Todos os contratos firmados pelo governo Roseana Sarney devem passar por análise minuciosa.

Pelo que se tem conhecimento, os alvos principais, num primeiro momento, serão as secretarias de saúde, infraestrutura e meio ambiente. Esta última acaba de ser alvo de uma operação conjunta de polícias, envolvendo servidores em esquema de corrupção.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

SIMPLÍCIO ARAÚJO VISITA AS INSTALAÇÕES DO PORTO DO ITAQUI

O deputado e futuro secretário de Desenvolvimento, Indústria e Comércio do Maranhão (SEDINC), Simplício Araújo, visitou, ontem segunda-feira (15), a Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP).
Acompanhado do secretário adjunto da SEDINC, David Braga Fernandes, do presidente do órgão, Luiz Carlos Fossati, da gerente de novos negócios, Luciana Kuzolitz, do diretor de operações, José Antônio Magalhães, e de assessores, Simplício conheceu a estrutura do porto, os projetos em andamento e o planejamento para os próximos anos.
Na ocasião, a gerente de novos negócios da EMAP apresentou dados que fizeram com que o porto do itaqui batesse o recorde histórico de movimentação de cargas este ano, com 17 milhões de toneladas, somente nos primeiros 12 dias de dezembro.
Para Simplício Araújo, o desenvolvimento do estado precisa passar por uma gestão eficiente e um aproveitamento eficaz do potencial  existente no porto.
“É preciso existir sintonia entre o porto e o poder público. A localização estratégica do itaqui nos favorece sobremaneira e o resultado foi o recorde histórico na movimentação de carga, alcançada apenas nos 12 primeiros dias de dezembro. Devemos priorizar o diálogo entre os governos estadual e federal para que os projetos possam sair efetivamente do papel”, afirmou.
O presidente da EMAP fez projeções otimistas para o futuro do porto. Ele afirmou que apesar de existirem entraves envolvendo os processos de licitação, a tendência é que a partir da inauguração do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram) a cadeia de agronegócio seja impulsionada, consolidando o porto do itaqui como referência de exportação de grãos.
Entre os projetos com previsão de execução entre 2016 e 2020 estão o Terminal de Contêiner, cuja primeira fase terá mais um berço, retroárea, ponte de acesso e área de estocagem em terra, e o Terminal de Fertilizantes, que tem projeto estruturante com um novo berço dedicado a essa carga e capacidade final de 5 milhões de toneladas por ano, três lotes, dois armazéns por lote medindo 5 mil m² e capacidade de 25 mil toneladas, totalizando 150 mil toneladas de capacidade estática.
A estimativa é que o crescimento médio seja de 31% na movimentação de fertilizantes, acompanhando a tendência de crescimento da movimentação de grãos, do setor sucroalcooleiro, do algodão de produtos florestais.
Há ainda o Terminal de Pellets e Celulose, cuja previsão é de capacidade para até 3 milhões de toneladas por ano.
Derivados de petróleo, soja, ferro gusa, milho, cobre, álcool, alumínio, contêiner, carga geral, fertilizantes, carvão, cimento, antracita/betonita, arroz, calcário, trigo, trilhos, GLP, manganês, arroz, clínquer, fluoreto são as cargas movimentadas no porto do itaqui.
Para isso, o porto conta com localização estratégica na costa da região Nordeste e rotas mais curtas para Europa e EUA, tem rede rodoviária com mais de 55 mil km, ligando rodovias federais, estaduais e municipais, rede ferroviária formada pela Transnordestina Logística S.A. (TLSA) e Estrada de Ferro Carajás (EFC)/Ferrovia Norte-Sul (FNS), além de proximidade do Distrito Industrial de São Luís e do aeroporto internacional, e canal de acesso com largura mínima de 500 metros e profundidade de 23 metros.

Deputado Bira destaca a onda crescente de violência que já vitimou 18 policiais militares em 2014


A crescente onda de violência que assola todo Estado do Maranhão foi pauta do discurso do deputado estadual Bira do Pindaré (PSB), na tarde desta segunda-feira (15), na Assembleia Legislativa do Maranhão.

O parlamentar se solidarizou com as famílias dos policiais militares assassinados recentemente e com à população em geral que tem sido vítima recorrente da violência. Bira registrou a realização de uma grande manifestação pela paz que aconteceu, no último domingo (14), na Avenida Litorânea em São Luís.

Somente em 2014, pelo que foi divulgado pela Secretaria de Segurança, foram confirmados 18 assassinatos de policiais militares. Para Bira, o fato mostra que a violência chegou a um extremo. “Estão morrendo pessoas de bem, do meio da comunidade, como estão morrendo também policiais que tentam, no exercício da função, conter o avanço da criminalidade do nosso Estado”, protestou Bira.

O parlamentar lembrou que a formação do Estado se deu por excelência exatamente pela necessidade de haver segurança entre as pessoas. E essa segurança é garantida pelo aparato do Estado através de suas Polícias, tendo em vista esse conceito não se pode admitir que a instituição policial seja afrontada pelos elevados índices de criminalidade.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Imagem do dia: Flávio Dino conhece as dependências da sede do governo.

O governador eleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), aproveitou a reunião que teve ontem, dia 14, com o governador interino, Arnaldo Melo, para conhecer a sede do governo.

Flávio Dino também observou a bela vista do mirante do Palácio, e aparece muito alegre como mostra a foto abaixo.

Flávio Dino 2

Flávio Dino 3

Flávio Dino e Arnaldo Melo 1

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

TRE rejeita ações de Edinho e Gastão contra Flávio e Roberto


Blog do Clodoaldo


Por unanimidade, a corte eleitoral maranhense rejeitou as ações dos candidatos a governador e senador derrotados Edinho Lobão (PMDB) e Gastão Vieira (PMDB) que pediam as cassações do governador eleito Flávio Dino (PCdoB) e senador eleito Roberto Rocha (PSB).

O parecer ministerial e o relator Guerreiro Júnior concordaram que não tinham nenhum sentido as alegações de Edinho “Os autores não compravaram nenhum dos fatos. Inclusive não mostraram nem interesse porque sequer compareceram ao julgamento”, afirmou Guerreiro, ao decidir que as ações deveriam totalmente rejeitadas.

Nas ações, Flávio Dino era questionado pelos mesmos factoides utilizados na campanha eleitoral e já desmascarados: o vídeo do preso que acusava Flávio de ser chefe de quadrilha, o baculejo no avião de Edinho pela Polícia Federal que teria sido “armado” por Dino e a mensagem sarcástica de Márcio Jardim no Whatsapp falando em incêndio no Nina Rodrigues pelos “agentes 65″.

Como Edinho e Gastão Vieira já demonstraram desinteresse ao longo de quase todo o processo, até pelos argumentos inconsistentes, dificilmente tentarão recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral.

Em termos jurídico-eleitorais, o governo Flávio Dino e o mandato de Roberto Rocha no Senado começam sem nenhuma pendência.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Mentira tem perna curta: Municipalização da UPA de Coroatá






















O comentário que rola pela a cidade no momento é sobre municipalização da UPA de Coroatá, uma historinha criada pelo o grupo dos desesperados do Murad, criaram um notícia sem pé e sem cabeça.

Em texto colocado em blogs aliados do RM, falando que os Senadores aprovaram a municipalização das Upas no Maranhão, Piauí, Ceará e Pernambuco. A aprovação do projeto 00653/14, de autoria do Senador José Sarney, foi nas últimas. Aliados do Governo votaram contra e alguns da oposição votarão a favor como o líder da oposição Aécio Neves. Senadores aliados de Sarney comemoram a aprovação do projeto”, UMA COISA É CERTA ISSO NÃO EXISTE, só mesmo na cabeça dos desesperados.

Uma coisa noticiamos, essa informação é mentirosa, a UPA é do Estado é do povo do Maranhão.. 

Se tiver dúvida, para saber tudo que foi debatido ontem no senado ligue grátis para o Alô Senado 0800612211 ou  Clique no link   http://www.senado.gov.br/atividade/plenario/sf/detResultado.asp?cs=3259

Imagem de todo o Dia: A MUDANÇA chegou no Palácio dos Leões.

10858002_822680927790728_7723163921669290612_n

Executivo da Petrobras denuncia afilhado de Lobão à Polícia Federal

Veja



Um funcionário de carreira, cansado do que chamou de “má gestão proposital” da Petrobras, procurou espontaneamente a Polícia Federal para denunciar suspeitas de negociatas e desvios de verbas na estatal. Ele deu pistas aos investigadores sobre a venda de ativos da petroleira na África, sobre contratos de afretamento de navios e sobre a compra da refinaria de Pasadena, no Texas. O denunciante apontou até um apadrinhado do ministro das Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB), como envolvido em negócios suspeitos. A identidade do colaborador é mantida em segredo.

De acordo com o funcionário, o afilhado de Lobão foi responsável pela área de afretamento de navios da Petrobras. No cargo, atuou na contratação de diversas embarcações “a preços superiores aos do mercado internacional”. Ele detalhou que o navio Sea Emperor foi afretado “sem real necessidade” para operar como “tancagem flutuante” no litoral do Maranhão, o que gerou “mais desvios” de verbas pelas “comissões de afretamento”.

As tais comissões de afretamento correspondem a 1,25% do valor do contrato de aluguel da embarcação, que devem ser devolvidos ao contratante, de acordo com a prática usual do mercado. O denunciante disse que os contratos firmados pela estatal preveem esse desconto, mas o abatimento não é repassado para a Petrobras. Executivos da estatal se apropriam das comissões, de acordo com o testemunho. A Polícia Federal já tinha provas nesse sentido e investiga se o ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa se apropriou de comissões pagas pela Maersk. Segundo o delator, essas comissões podem chegar a 200 milhões de reais por mês, considerando o afretamento de 200 navios. Nas palavras do funcionário, “uma grande quantia” está sendo desviada.

O depoimento do denunciante também destaca negociações controversas da Petrobras de campos de petróleo na África. Ele relatou que houve um prejuízo de 700 milhões de dólares na atuação da estatal em Angola e levantou suspeitas sobre a venda por 1,5 bilhão de dólares de 50% dos campos do continente africano para o banco BTG Pactual. O valor foi considerado subdimensionado no mercado, porque outros dois bancos de renome internacional avaliavam os ativos pelo valor mínimo 7 bilhões de dólares, destacou o funcionário.

O denunciante afirmou ainda aos investigadores que o lobista Fernando Soares, o Baiano, intermediou a negociação com a Astra Oil pela refinaria de Pasadena, no Texas. A aquisição deu um prejuízo superior a 1 bilhão de dólares à estatal e é investigada pela Polícia Federal. Para desviar recursos pelo valor excedente da transação, a Astra Oil fechou contratos fraudulentos com uma consultoria espanhola, de acordo com o funcionário.

A entrevista do executivo foi feita pelos policiais que investigam a Operação Lava Jato em caráter sigiloso para embasar a apuração das denúncias.


quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Simplício Araújo e deputados do Solidariedade impedem retirada de manifestantes do Plenário‏

André Dusek/Estadão

O líder do Solidariedade, deputado Fernando Francischini (PR), o presidente nacional do partido, Paulo Pereira da Silva (SP) e o deputado Simplício Araújo (SD-MA) ajudaram a impedir a retirada dos manifestantes do Plenário da Câmara nesta terça-feira (2), durante sessão do Congresso Nacional.
O presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros, mandou a Polícia Legislativa remover as pessoas que assistiam à sessão depois de algumas delas terem chamado a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) de “vagabunda” enquanto ela discursava.
O esvaziamento das galerias por parte da polícia foi impedido por parlamentares que se colocaram entre os servidores e os manifestantes, entre eles, os do Solidariedade.
Simplício Araújo classificou a atitude do presidente do Senado de lamentável e que, independente de ser contra a matéria, o Solidariedade e demais partidos da oposição são contra a forma brutal como os manifestantes foram tratados.
"Não podemos aceitar que um partido como o PT, que chegou ao poder defendendo as manifestações pacíficas, aceite o que ocorreu hoje nas dependências da casa. É necessário que a população brasileira ocupe passivamente a Câmara dos Deputados e nos ajude a pressionar todos os deputados e senadores a votar contra a aberração que é o projeto que flexibiliza a meta de superávit primário a ser cumprido este ano", afirmou o parlamentar maranhense.
Fernando Francischini criticou a atitude de Calheiros: “Hoje, aqui na Câmara, foi o maior absurdo que já ocorreu nos últimos 20 anos, desde a redemocratização do nosso País. O senador Renan Calheiros, usando poder que não é seu, mandou retirar do Plenário manifestantes contra o PLN 36/14, aquele que o governo quer usar para encobrir a maquiagem no dinheiro público que desviaram que roubaram nos últimos anos”, disse.
O PLN 36/14 acaba com o limite de desconto dos gastos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e com desonerações tributárias para o cálculo do superavit primário. A oposição é contra esse projeto e tem obstruído os trabalhos do Congresso há várias semanas.
Depois de mais de uma hora de espera sem que as galerias do Plenário fossem esvaziadas, Renan Calheiros suspendeu a sessão desta terça-feira e transferiu as votações para a quarta-feira (3), às 10 horas.

Jovem é encontrado morto no bairro da Mariol, em Coroatá


















O jovem identificado como Romário Araújo, que recentemente fez 21 anos, que mora no bairro da Tresidela, próximo ao Hospital Macrorregional, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (03/12), na Avenida Central, no bairro da Mariol, em Coroatá.  

Segundo a polícia, o crime pode ter sido um latrocínio, que é roubo seguido de morte, já que a moto do jovem foi levada. Romário foi morto com um tiro de arma de fogo.























A informação é de que ele teria saído de casa na noite de ontem, terça-feira (02/12), para encontrar-se com a namorada. Com a demora em retornar para casa, a mãe preocupada, ligou várias vezes para o filho, mesmo porque ele nunca foi de passar a noite fora de casa.

Moradores que residem próximo ao local onde o jovem foi encontrado disseram à nossa redação que teriam ouvido dois disparos de arma de fogo, por volta das 22h30 da noite de ontem, mas que pensavam ser um barulho provocado por descargas de motos. Como o local é bastante escuro, ninguém notou Romário estirado ao chão, só na manhã desta quarta-feira, ele foi encontrado por volta das 05h00 por populares que faziam caminhada.

A polícia foi ao local e fez todos os procedimentos necessários em buscas de pistas que possam levar até os criminosos, ou o criminoso, não se sabe ainda quantos estavam envolvidos no crime.