sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Flávio Dino paga salários de 11 mil servidores da saúde atrasados por Ricardo Murad

Os salários dos servidores técnicos da saúde atrasados pelo governo passado foram quitados na noite de onte quinta-feira (22) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) junto às OSCIPs, responsáveis pela prestação de serviços nas unidades de saúde da rede estadual.
O pagamento é referente ao período trabalhado entre 16 de novembro de 2014 e 15 de dezembro de 2014, que não foram honrados pela gestão anterior e coube ao governador Flávio Dino garantir os repasses. Na noite de ontem foram repassados às OSCIPs (Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público) Bem Viver, IDAC e ICN valores que beneficiarão cerca de 11 mil servidores da saúde.
Uma força tarefa feita pelas secretarias da Saúde, do Planejamento e da Transparência, conseguiu identificar e separar o valor real referente aos vencimentos dos servidores da Saúde e os excessos, que, em tentativa frustrada, a gestão anterior tentou incorporar.
“Toda a nossa equipe é orientada a cumprir a lei com seriedade e sobriedade. Apenas isso”, afirma o governador ao explicar que seria uma irresponsabilidade efetuar os pagamentos sem uma prévia verificação do que está sendo pago.
Para o secretário da Saúde, Marcos Pacheco, este é apenas o começo de uma gestão limpa, que não permitirá privilégios e que, de fato, terá seu foco principal na atenção básica: “Toda criança assistida, toda gestante acolhida e todo idoso bem cuidado. Essa é nossa missão. Vamos ‘fazer acontecer’ e mostrar que é dessa forma que mudaremos os indicadores negativos do Maranhão”, assegurou Pacheco.
 Herança
Um dos problemas herdados da gestão anterior foi o atraso no pagamento das OSCIPs. Com isso, cerca de 11 mil funcionários da saúde deixaram de receber seus vencimentos em dias.
Fonte: Blog do Domingos Costa

CAEMA ELABORA PLANO DE AÇÕES PARA COMBATER O DESPERDÍCIO DE ÁGUA

Presidente da Caema, Davi Telles: combate ao desperdício para melhorar a receita
A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) constituiu uma comissão interna para elaboração e implantação do programa de combate a perdas de água tratada. O objetivo da comissão é reduzir, de forma significativa, o atual índice de perda de água nos sistemas de abastecimento da Companhia.

Como primeira medida, a comissão vai produzir, em 30 dias, um estudo nos sistemas emergenciais e apresentar um plano de ações estruturais para combater o desperdício de água tratada, que abrange a instalação de 130 mil hidrômetros. Em 60 dias, a comissão apresentará o relatório conclusivo de medidas a serem adotadas a médio e longo prazo para diminuição de perdas e controle da distribuição.

De acordo com o diretor-presidente da Caema, Davi Telles, as ações terão um reflexo positivo sobre a receita da empresa. Ele explicou que o planejamento das ações para melhoria do sistema de abastecimento de água é uma diretriz do governador Flávio Dino para eficiência do serviço prestado pela Caema.

A comissão é formada por quatro servidores de diferentes áreas da Companhia que se reúnem semanalmente para apresentar a evolução dos trabalhos. As ações são comunicadas tanto à presidência quanto às demais diretorias do órgão para encaminhamento e adoção dos procedimentos necessários.

Agência Secom

ATENÇÃO!! Governo abre inscrições para contratação temporária de mil professores


O Governo do Estado do Maranhão abre a partir de segunda-feira (26) as inscrições do processo seletivo simplificado para contratação temporária de mil professores. As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas pelo sitewww.educacao.ma.gov.br até às 23h59 da próxima quinta-feira (29). Todas as informações estão disponíveis no site e no Diário Oficial do Estado.

A abertura do seletivo foi determinada pelo governador Flávio Dino durante a assinatura de seis decretos na terça-feira (20). De acordo com a secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres, a gestão estadual está empenhando todos os esforços para melhoria da rede estadual de ensino.

“É prioridade do governador Flávio Dino, iniciar o ano letivo, com professores em sala de aula e estudantes atendidos em todos os componentes curriculares. Além disso, o governador reajustou em 15% o salário dos professores contratados, valorizando assim, o trabalho docente,” declarou a secretária.

O processo seletivo será composto pela avaliação curricular de títulos e avaliação da experiência profissional na área de docência. Os interessados devem fazer a entrega de títulos (acompanhados da ficha de inscrição gerada na internet pelo próprio candidato) na Unidade Regional de Ensino (URE), correspondente à localidade escolhida para disputa de vaga.

Com base na demanda do último seletivo, o recebimento de títulos em São Luís ocorrerá no Centro de Convenções da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no Campus do Bacanga. “Escolhemos o Centro de Convenções da UFMA por ser um espaço amplo e que pode receber os docentes dignamente. A categoria precisa ser tratada com respeito”, explicou o responsável pela Unidade Gestora de Atividades Meio (Ugam) da Seduc, Domingos Ferreira.

O seletivo visa atender as modalidades Ensino Médio Regular, EJA, Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) e Ensino Médio Integrado a Educação Profissional (Emiep). O regime de trabalho será de 20 horas semanais. Do número total de vagas oferecidas, 20% destinam-se às escolas de São Luís e as outras 80% serão distribuídas para o interior do estado, de acordo com as necessidades regionais. As disciplinas com maiores demandas são, respectivamente, Física, Química, Biologia e Matemática.

De acordo com o cronograma, o resultado do seletivo deverá ser divulgado no início de março, uma vez que o ano letivo de 2015 começará a partir do dia 9 de março na rede estadual de ensino.

Cronograma do seletivo:
23/01/2015
Publicação do Edital
8h do dia 26/01 às 23h59 do dia 29/01/2015
Inscrições no Processo Seletivo – via internet (www.educacao.ma.gov.br)
13h do dia 27/01 às 18h do dia 30/01/2015
Entrega de Títulos acompanhados da Ficha de Inscrição gerada na Internet pelo candidato.
Local: Unidades Regionais de Educação (URE’s), exceto São Luís. Candidatos da capital devem entregar a documentação no Centro de Convenções da UFMA, no Campus do Bacanga.
13/02/2015
Divulgação das inscrições indeferidas
04/03/2015
Homologação do Processo Seletivo e Divulgação do Resultado Final

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Governador Flávio Dino instala Conselho Empresarial do Maranhão

Governador Flávio Dino, secretários e empresários durante a primeira reunião do Conselho Empresarial do Maranhão

Os empresários terão, pela primeira vez, participação efetiva na definição da política de investimentos delineada pelo Governo do Estado. Ratificando compromisso firmado antes de tomar posse, o governador Flávio Dino instalou, nesta terça-feira (13), o Conselho Empresarial do Maranhão (Cema) que será composto por secretários estaduais e representantes das organizações empresariais e produtoras. 

Na reunião para instalação do Cema, o governador recebeu dos presidentes das entidades empresariais sugestões para aumento da produção local. “Este é o momento de começar a solucionar um quadro desafiador que temos no Maranhão. É hora de colocar as nossas riquezas e a nossa produção para atingir cada vez mais pessoas”, afirmou o governador. 

O conselho é um espaço deliberativo que garante a participação efetiva de investidores maranhenses na definição de ações públicas de desenvolvimento. As ações serão focadas em diferentes segmentos, representados no conselho por câmaras setoriais que abrangerão os setores de turismo, agronegócio, energia e gás, minério, metalurgia, comércio e serviços e infraestrutura. 

Em cada câmara haverá representantes do Governo do Estado e de setores da iniciativa privada. Outra atribuição do conselho é definir estratégias de inovação tecnológica e também apoio e fomento às micro e pequenas empresas. 

Primeira reunião 

Na primeira reunião de trabalho com os empresários, Flávio Dino enfatizou a importância de consolidar a participação empresarial nas câmaras setoriais. O Conselho será presidido pelo próprio governador e coordenado pelo secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo. 

“Estamos com um quadro econômico difícil no âmbito nacional e internacional e é importante o alinhamento interno, por meio das câmaras setoriais”, frisou Simplício Araújo. 

O Governo do Estado, por meio do Instituto de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), apresentou o cenário da economia e da produção maranhense na última década e as previsões de investimentos. A partir dos levantamentos feitos pelos estudos estatais e das diretrizes do novo governo, a ação conjunta entre entes públicos e privados terão maior sintonia, fazendo com que haja colaboração dos dois setores. 

“Essa iniciativa é uma oportunidade que o empresariado tem de, todos os meses, junto com o governo, definir pautas necessárias a serem colocadas em prática pelo poder público e iniciativa privada para o desenvolvimento do nosso estado”, destacou o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) e do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Edilson Baldez. 


Entidades integrantes do Conselho 

Associação Comercial do Maranhão (ACM) 

Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) 

Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema) 

Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio) 

Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema)

Secretaria de Saúde do Estado esclarece mais uma mentira do derrotado Ricardo Murad



A secretaria de Estado da Saúde - SES, enviou uma nota a imprensa e a população de Coroatá a respeito de mais uma mentira do mais novo desempregado do Maranhão, o EX-SECRETÁRIO Ricardo Murad, que disse em suas redes sociais que a equipe da SES, que foi vistoriar o Hospital Macrorregional de Coroatá e saber como estava o atendimento no hospital, estaria 'desmontando' tal unidade. Na nota a secretaria informa que o que aconteceu foi apenas a devolução de um aparelho que havia sido abandonado no Macro, pelo senhor Ricardo Murad e foi encontrado sem funcionamento nos corredores enquanto poderia estar salvando vidas em outro hospital, já que no Macrorregional já possui o seu proprio aparelho.

Leia a nota na integra e a foto do equipamento que continua localizado no centro cirúrgico de Coroatá atendendo todos os coroataenses e demais pacientes da região.

NOTA

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), informa que o Hospital Macro Regional de Coroatá possui 01 aparelho de Videolaparoscopia, que está em plena atividade. No entanto, no dia 21/08/2014 foi enviado outro aparelho para reforço durante um mutirão de cirurgias de colecistectomia. Após o mutirão, a equipe médica responsável não devolveu o aparelho para São Luís, que ficou sem uso pela equipe de Coroatá. Diante disso, neste domingo (11), a Secretaria de Saúde determinou a devolução do aparelho (modelo Strack) para São Luís, que já encontra-se funcionando no Hospital Carlos Macieira.

Imagem do aparelho que pertence a Coroatá, em pleno funcionamento no Hospital Macrorregional de Coroatá.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

O chororô de Ricardo Murad…

 
Nem bem completou uma semana do ano novo fora do principal posto da Secretaria Estadual de Saúde para o ainda deputado estadual Ricardo Murad (PMDB) acusar o golpe e começar a estrebuchar contra o novo governo.

Através da rede social Murad como se fosse “o político modelo do Maranhão” apresenta um rosário de insultos contra o governador Flávio Dino (PCdoB). Bem a seu estilo tratorzão, o cunhado de Roseana se atreve a dar aulas de gestão e a dar pitaco num governo legitimamente eleito pela ampla maioria dos maranhenses. Ora me comprem um bode!

Maior colecionador de desafetos durante os 05 (cinco) anos que esteve à frente da Saúde do Estado, Ricardo se aproveita dos últimos dias do mandato de deputado estadual para tentar aparecer e ser visto a todo custo.

Mas como bem reza o adágio popular que rei morto é rei posto, nem os veículos de comunicação ligados a oligarquia deram qualquer atenção aos impropérios ditos por Murad, talvez por saberem que ele não é a pessoa mais indicada pra criticar ninguém ou por compreenderem que é cedo demais para cobranças.

Bem que o ex-secretário de saúde poderia cumprir sua palavra dita em praça pública durante comício em Coroatá e se aposentar da política… duvido muito que os maranhenses fossem sentir alguma falta.

Parafraseando o rei da Espanha fica a pergunta: Por que não te calas Ricardo?

Do Blog do Samuel Bastos