quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Nota de Repúdio do SINPROESEMMA contra Teresa.


NOTA DE REPÚDIO

 O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Maranhão – SINPROESEMMA, vem, de público, formalizar veemente repúdio à ação nefasta da Prefeita de Coroatá, Teresa Murad e, da SEMED, pela exoneração injusta, aviltante e retaliativa de alguns professores da rede municipal de ensino, dentre eles, Celso Soares Barbosa, importante militante de um movimento que, desde 2013, luta pela justa valorização profissional e salarial dos educadores desta cidade, desafiando assim, a ira e o ódio daqueles que detém o poder e que desvalorizam a educação e desapreciam o direito à liberdade de expressão.

 A exoneração dos professores resultou de um relatório de avaliação de estágio probatório, escrito e avaliado por funcionários aliados da administração que, desprovidos de caráter e com um comportamento obediente e serviçal, não hesitaram em escrever um conjunto de mentiras e calúnias contra os nobres professores, tudo para satisfazer aos caprichos da prefeita deste munícipio, que é o de, perpetuar um maquiavélico sistema de terrorismo e de toda ordem de constrangimento contra os servidores públicos municipais de educação que não “rezam na sua cartilha”.

 Diante do exposto, fica evidenciado o modo provinciano pelo qual a atual prefeita faz política, sempre autoritário e ditatorial, a fim de silenciar a voz dos movimentos sindicais e de toda a sociedade civil. Todavia, os honrosos e guerreiros professores desta rede de ensino, jamais se calarão diante de tamanhas injustiças propagadas por este grupo que ao perseguir professores, mostra que não entende nada de educação, a não ser da educação do medo e do silêncio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário