segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Ato irresponsável de Teresa Murad em vender terrenos do município

Próximo as eleições municipais de 2016, a prefeita Teresa Murad esposa do ex-secretário de Saúde Ricardo Murad que está sendo investigado pela policia Federal por desvios bilionários da saúde estadual na sua gestão, resolveu simplesmente vender os terrenos do município.

Começou de uma área grande localizado no centro da cidade próximo a finada prefeitura e foi se entendendo, a malvadeza chegou até o mercado central, onde os vendedores ambulantes tiveram que sair do local , e por ultimo a praça da rodoviária, todos os coroataense se perguntam? onde está sendo investido toda esse dinheiro da venda desses lotes? Pois a cidade se mergulha em um buraco de calamidade de uma gestão municipal incompetente. 

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

União; 1º Encontro dos Movimentos Sociais e Políticos será realizado dia 23.


Partidos da base de oposição já se unem e conversam para definir o nome certo para representar o grupo nas eleições municipais, os dois Pré-candidatos a prefeito que tem a grande preferencia da população de Coroatá, já se uniram, Domingos Alberto(PSB) e Odair José(PDT), nomes fortes e caminham juntos sempre dialogando com o povo, com a classe politica e os movimentos Sociais. 

Com o apoio da maioria dos partidos de oposição, os dois nomes se fortalece, e o primeiro encontro está marcado, JÁ denominado o 1º Encontro dos Movimentos Sociais e Políticos, que acontecerá dia 23 de dezenbro, ás 19h00  no centro São Raimundo, Bairro dos Americanos, em Coroatá.




quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

TSE diz que eleição de 2016 será eletrônica


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou nesta quinta-feira (10), por meio de nota, que o governo federal revisou parte do bloqueio de R$ 428 milhões que faria no orçamento da Justiça Eleitoral, prometendo liberar R$ 267 milhões que, inicialmente, seriam contingenciados. Com isso, a Corte eleitoral afirmou que será viabilizada a realização das eleições de 2016 com voto eletrônico.

O bloqueio atingiria os orçamentos do Supremo Tribunal Federal (STF), do Superior Tribunal de Justiça (STJ), da Justiça Federal, da Justiça Militar da União, da Justiça Eleitoral, da Justiça do Trabalho, da Justiça do Distrito Federal e Territórios e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

No fim de outubro, uma portaria assinada pelo presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, advertiu que o contingenciamento determinado pelo Executivo nos tribunais superiores inviabilizaria o voto eletrônico.

Com o bloqueio previsto anteriormente pelo governo, a Justiça Eleitoral deixaria de receber mais de R$ 428 milhões, o que, segundo o TSE, impediria a compra e a manutenção de urnas eletrônicas necessárias para viabilizar o pleito municipal.

Na época, Toffoli ressaltou que era imprescindível contratar as urnas eletrônicas até o fim do mês de dezembro, com o comprometimento de uma despesa estimada em R$ 200 milhões.

O governo conseguiu rever o tamanho do bloqueio de recursos do Judiciário porque, em 2 de dezembro, o Congresso Nacional aprovou projeto que reduziu a meta fiscal deste ano.

Na ocasião, deputados e senadores autorizaram o governo federal a encerrar 2015 com um déficit recorde de R$ 119,9 bilhões. O Executivo dependia da revisão da meta para não descumprir a Lei de ResponsNo comunicado divulgado nesta quinta, o tribunal eleitoral afirmou que a revisão da nova meta fiscal deste ano por parte do Congresso levou os ministérios da Fazenda e do Planejamento a recalcularem o contingenciamento no Judiciário.

Em vez de bloquear R$ 428 milhões, destacou a nota do TSE, o governo irá cortar R$ 161 milhões. De acordo com o tribunal, a redução do contingenciamento possibilitará a substituição de urnas eletrônicas para a eleição do ano que vem.

Leia a nota divulgada pelo TSE confirmando a votação eletrônica na eleição de 2016:

Votação eletrônica em 2016 está garantida com nova meta fiscal

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu nesta quinta-feira (10) do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão cópia do relatório enviado à Comissão Mista do Congresso Nacional, no qual constam reestimativas de receitas e despesas que garantem a realização das Eleições Municipais de 2016 por meio eletrônico. O documento também é assinado pelo Ministério da Fazenda.

De acordo com o Ofício Interministerial, findo o quinto bimestre deste ano, e dada a meta de superávit primário constante da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO-2015) vigente à época, indicou-se a necessidade de redução financeira em R$ 107,1 bilhões aos Poderes da República, incluindo a Defensoria Pública (DPU) e o Ministério Público da União (MPU). Ao fim do terceiro bimestre já havia a necessidade de redução de outros R$ 79,5 bilhões.

No entanto, com a aprovação do PLN nº 5/2015 no Congresso Nacional e sua conversão em lei, a LDO-2015 foi alterada e houve redução na meta de resultado primário para o conjunto dos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social – OFSS, de R$ 55,3 bilhões positivos para R$51,8 bilhões negativos e, dessa forma, a meta de resultado primário OFSS foi reduzida em R$ 107,1 bilhões.

Governo do Maranhão oferece curso gratuito de Inglês Básico pela internet

A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) disponibilizou, desde o mês de novembro deste ano, a Plataforma Negro Cosme, por meio da qual o Governo do Maranhão oferece cursos online gratuitos para toda a população. Um deles é o de Inglês Básico, ministrado pela professora Adriana Colombo Lôbo. Fundamental nos dias de hoje, em que falar um segundo idioma abre portas tanto no mundo acadêmico quanto no mercado de trabalho.
São sete unidades que vão auxiliar na compreensão das estruturas básicas da língua inglesa, considerando diversos aspectos. O Curso tem duração de 60 horas e propõe que os inscritos pratiquem a língua, desenvolvendo habilidades como ler, falar e escrever. Para isso, serão utilizadas apostilas e criado um fórum de discussão, além de quiz sobre os conteúdos abordados. Ao longo das vídeoaulas, os estudantes passam por avaliações através de atividades.
“Nós entendemos o quanto é importante saber falar outras línguas e essa formação é muito boa justamente porque pode ser feita por pessoas de todos os lugares e idades. Trabalhamos justamente neste sentido. Já temos o Cidadão do Mundo com curso de imersão e intercambio internacional para jovens, mas entendemos que é preciso ir além. E essa ferramenta reforça este papel, de facilitar, de dar oportunidade para que outros maranhenses aprendam um segundo idioma”, destacou o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré. Ele reforçou, ainda, que já são mais de 900 inscrições em um curto espaço de tempo.
Plataforma Negro Cosme
O cadastro na Plataforma pode ser feito por meio do site da Secti. Clicando no banner da Plataforma Negro Cosme, basta informar o CPF, RG, data de nascimento e endereço. Atualmente, ela disponibiliza de cinco Cursos: Introdução à Pesquisa para o Ensino Médio; Leitura e Interpretação de Textos; Inglês Básico; Informática e Novas Tecnologias; e Matemática e Suas Tecnologias. Os cursos são online e ficam disponíveis 24h, facilitando o acesso de todas as pessoas.