segunda-feira, 14 de março de 2016

PSB rejeita Eliziane e declara união pela candidatura de Bira do Pindaré

Em reunião do diretório estadual do PSB que aconteceu na manhã deste domingo, no plenarinho da Assembleia Legislativa do Maranhão, o secretário de finanças nacional da Juventude Socialista Brasileiro, Manoel Furtado Neto, declarou que o partido não pode crescer e se fortalecer com o que há de pior na política brasileira e maranhense. “A militância do PSB está com Bira do Pindaré”, afirmou.
Unanime os socialistas decidiram pela unificação do partido em torno da candidatura de Bira do Pindaré – mais uma vez conclamada, defendida e aceita, enquanto Eliziane Gama e Ildon Marques foram rejeitados com veemência. O ex-deputado Domingos Paz anunciou, inclusive, o desligamento da prefeitura de São Luís, onde ocupava o cargo de secretario adjunto na Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento (Sempab), para se dedicar à candidatura do deputado Bira.
“O Bira do Pindaré é uma reserva, que nós tivemos a sorte de encontrar e que o partido tem a sorte de ter parado aqui, e esse quadro, que tem amplas chances de ganhar e que está sendo boicotado porque vai ganhar as eleições. Por trás da ‘não candidatura do Bira do Pindaré existe um plano macabro que liga 2016 a 2018 – e vem acompanhada das viúvas da oligarquia Sarney”, revelou o secretário da JSB.
A opinião é compartilhada pelos segmentos do partido, que assinaram carta aberta – entregue ao presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, no último Encontro Estadual do partido – que indicava o nome do deputado Bira do Pindaré, atual secretário da Ciência e Tecnologia do governo Flávio Dino, como candidato a prefeito de São Luís pelo PSB.
Membro do Diretório, Conceição Marques afirmou que fidelidade é o primeiro questionamento do ponto de vista político quando se trata de Eliziane Gama.
“Como mulher fico até muito preocupada porque eu acredito que pedra que muito se muda não cria limo jamais. E como ela muda constantemente de partido… (Eliziane) Lutou demais pelo PPS, quando pensa que ela consolidava com o PPS ele quer ir para o PP, o PP não aceita, de lá ela cria a Rede, agora ela rasga a Rede e quer mudar para o PSB”, destacou a socialista.
Ao lembrar que o PSB indicou o nome de Bira do Pindaré para prefeito da Capital maranhense, Marques completou “Na presença do presidente nacional, Carlos Siqueira, defendemos o nome do companheiro e deputado Bira e dissemos que queremos o Bira como nosso candidato a prefeito. Ele aceitou. Agora, de repente, vem uma manobra por cima, pelo que vejo e sinto, impor a candidatura de uma pessoa que não congrega?”
No mesmo sentido, Antônio Carlos disse que não tem nada pessoal contra a deputada Eliziane Gama, mas que ela não representa ou congrega os ideais do partido. “Nós do PSB jamais vamos aceitar que Bira do Pindaré, que corresponde a todas as ideologias do partido, seja cortado do nosso projeto para o Maranhão.
Nós não podemos deixar de sonhar com um prefeito que vem das nossas bases, com um prefeito que representa e os nossos sonhos de fazer cada município do Maranhão mais justo e para todos. Eu repudio toda ação ou tentativa Defendemos a candidatura de Bira do Pindaré em São Luís, e de Rose Vicentini em Imperatriz”, finalizou o secretário geral do PSB no Maranhão, Antônio Carlos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário